Arquivo | novembro, 2012

Palavras Tags: , , ,

Yorkshire Terrier

Publicado em 30 novembro 2012

Sobre Yorkshire Terrier

Yorkshire Terrier é um cão de colo encantador que por ele ficaria no seu colo o dia todo. Eles tem uma dose de atitude combinada com sua natureza brilhante de um cão brincalhão. Yorkie são verdadeiros companheiros.

Yorkshire Terrier

Caráter do Yorkshire Terrier

É um cão inteligente, alegre e destemido. Eles se concentram inteiramente no seu dono e são extremamente afetuoso. Pessoas dizem; que Yorkshire Terrier é uma das raças que mais são companheiras e afetuosas com seu donos.

Yorkshire Terrier

 Temperamento

Yorkshire Terrier pode ser territorial e gosta de ter seu espaço respeitado. Eles são tolerantes com crianças se tratado com cuidado. Yorkie também pode ser um pouco independente, se dão bem com outros animais de estimação.

Yorkshire Terrier

Cuidados

A pelagem do Yorkshire Terrier exige preparação diária. O cabelo no topo da cabeça, cresce muito, as vezes precisa prende-lo ou usar uma faixa. No entanto, se o Yorkie não irá participar de um show o pelo pode ser mantido sempre curto. Ouvidos e olhos devem ser limpos frequentemente. Higiene dental também é importante ter cuidado.

Yorkshire Terrier

Pelo

A Pelagem do Yorkie não é grossa, é uma pelagem fina e sedosa ao toque. Ao contrário de outras raças, que tem pelo, o Yorkie tem cabelo que cresce constantemente.

Yorkshire Terrier

Treinamento

Facilmente de serem treinados, Os Yorkshire Terrier tem uma forte capacidade de lembrar-se de vários comandos e adotar muitas habilidades de obediência. Eles são competidores de primeira linha, concorrentes quando se trata de esporte e agilidade.
Esta raça também é conhecida por sua independência. Eles precisam de certa privacidade para recarregar suas baterias, mas também anseiam envolvimento, atividade e atenção.

Yorkshire Terrier

Atividade

O Yorkshire Terrier requer exercício mínimo. Eles são adequados para caminhadas curtas é ideal para viver em apartamentos ou casas com pequenos quintais. Mantenha-os sempre na coleira durante as caminhadas, pois eles têm a tendência a causar brigas com cães muito maiores.

Yorkshire Terrier

Sua Caracteristicas

Tamanho

*

Cuidados

****

Exercícios

*

Capacidade

***

Relacionamento com outras raças

*****


Raça Grupo – Toy
Peso – 2 a 4 kg
Altura – 17 a 22 cm
Cor – Azul e castanho. Yorkies nascem preto,  gradualmente atinge a coloração azul e castanho a medida que amadurecem

Leia mais sobre “Yorkshire Terrier” em Fonte:Nextdaypets.com

Para ler mais publicações como "Yorkshire Terrier", clique aqui | , , ,
Encontre mais publicações como "Yorkshire Terrier" em | Cães, Raças

Palavras Tags: , , , ,

Alimentador automático para Cães e Gatos

Publicado em 30 novembro 2012

Adquira o Alimentador automático para Cães e Gatos.

Alimentadores automáticos para facilitar o seu dia a dia e para a alegria de seu pet.

Alimentador automático para Cães e Gatos.

Se você trabalha longas horas ou vai ficar fora de casa por um período de tempo e deseja deixar uma refeição para seu cachorro ou gato o alimentador automático irá resolver seu problema. Existem várias marcas no mercado hoje em dia, então é importante escolher algo que melhor encaixa com o porte de seu cão ou gato e com o seu bolso. Preços podem variar de entre R$ 61 a R$ 550,00 reais (Dez/2012). Vale a pena verificar se é analógico ou digital, como mencionei, vai depender de sua necessidade e porte do animal.

Alimentador automático para Cães e Gatos.

Você pode usar o alimentador automático periodicamente, neles você pode controlar a quantidade de comida e não precisa se preocupar todo o tempo para alimenta-lo. Com a correria do dia a dia e com a preocupação de oferecer uma alimentação balanceada para que seu animal de estimação não fique obeso ou passe fome, esse utensílio é excelente.

Alimentador automático para Cães e Gatos.

 

Escolha um alimentador automático resistente, especialmente se tiver um cachorro grande. Dependendo o tamanho do animal e se tiver mais do que um, utilize o automático, pesquise bem antes de decidir e faça perguntas aos fornecedores, eles poderão lhe esclarecer dúvidas antes de comprar.

Alimentador automático para Cães e Gatos.

 Não programáveis alimentadores automáticos também estão disponíveis. Eles têm grande reservatório que contém o alimento e distribui livremente. Existem os analógicos, os manuais, onde pode controlar manualmente a quantidade.

Alimentador automático para Cães e Gatos.

Resumindo, se seu veterinário já lhe deu aquele puxão de orelha para controlar a alimentação de seu pet, ou se seu dia a dia não permite acompanhar de perto os horários de alimentação de seu animal de estimação, esses mecanismos poderão lhe auxiliar fazer sua vida mais fácil e de seu pet muito mais feliz.

Leia mais sobre “Alimentador automático para Cães e Gatos” em Fonte: Mercado Livre

Para ler mais publicações como "Alimentador automático para Cães e Gatos", clique aqui | , , , ,
Encontre mais publicações como "Alimentador automático para Cães e Gatos" em | Shopping

Palavras Tags: , , , , ,

Como adestrar seu filhote

Publicado em 30 novembro 2012

Como adestrar

Veja aqui como adestrar seu cão. Uma ótima maneira de adestrar seu filhote a pensar e lhe surpreender como treinador usando uma Técnica chamada de Adestramento Clicker – É um treinamento fácil para os filhotes e para você treinador. Irá repetir os comportamentos e você vai recompensa-los pelo bom comportamento e naturalmente evitar os maus comportamentos. Você não precisar ser um adestrador de cães profissional para usar esta técnica, seu filhote irá aprender facilmente como se comportar diante dos seus comandos.

Como Adestrar Seu Filhote

Uma ótima maneira de adestrar seu filhote a pensar e lhe surpreender como treinador usando uma Técnica chamada de Adestramento Clicker – É um treinamento fácil para os filhotes e para você treinador. Irá repetir os comportamentos e você vai recompensa-los pelo bom comportamento e naturalmente evitar os maus comportamentos. Você não precisar ser um adestrador de cães profissional para usar esta técnica, seu filhote irá aprender facilmente como se comportar diante dos seus comandos.

Um dos benefícios é que o você pode prever o que irá acontecer e controlar o resultado. Isso estimula o filhote, e incentiva ele a pensar em maneiras de fazer você adivinhar o que esta fazendo de bom e recompensa-lo por isso. O adestramento também irá ensinar seu filhote a se divertir e aguardar ansiosamente as novas lições que irão fazer juntos. Uma maneira legal de estabelecer uma comunicação entre os dois.

Existem casos de filhotes que aprenderam muito rápido os comandos do Adestramento Clicker, um filhote com 10 semana de vida aprendeu a sentar e levantar. Seu filhote pode aprender facilmente também, de fato, os filhotes são como esponjas ávidas para aprender algo novo. Isso é uma forma construtivas de ensina-los a gastar sua energia.

O que é o Adestramento Clicker 

O Adestramento Clicker permite que você antecipe o comportamento do filhote fazendo com que ele obedeça seus comandos. Ele irá se comportar muitas vezes errado até acidentalmente acertar, e receber uma recompensa pelo acerto. Seu filhote irá adivinhar  que esta sendo recompensado pela sua tentativa de acerto e será recompensado pelo comportamento. Quanto mais errado ele fizer, mais cedo ele irá aprender que o caminho não é esse. Você não usará de comandos ou direcionamento físico com o Adestramento Clicker, apenas motivação, seu filhote nunca será punido, mas será sempre recompensado pelas escolhas certas.

Veja como funciona. Em vez de esperar seu filhote fazer algo errado, pegue ele fazendo algo certo. Elogie esse comportamento com um clique  ele irá entender a ação que ele acabou de fazer. ( sentar, por exemplo). Você pode usar palavras para definir sua satisfação com relação ao comportamento que ele acabou de fazer como MUITO BEM! Ou usar clique. O clique irá explicar para seu filhote que ele estava certo. Em seguida de a recompensa, como sua comida preferida ou brinquedos. Sempre guarde a comida favorita ou o brinquedo favorito para as sessões de adestramento.

Como adestrar seu filhote

 

O Adestrar

Para acelerar o processo de adestramento, os adestradores recomendam que clique  muitas vezes para que seu filhote identifique o som, com a recompensa que virá no futuro. Veja como adestrar:

Adestrar Passo 1 – Encha um prato raso com comidas que tenham cheiro bem forte, como por exemplo; pedaços de fígado, queijos, salsicha ou outros produtos que você achar que tenha um cheiro bem acentuado. Não se trata de encher sua barriga e estragar sua alimentação adequada, importante os pedaços não deve ser maior que a ponta do seu dedinho. A ideia é que ele aprecie o cheio e queira mais.

Adestrar Passo 2 – Sente-se no chão em uma posição confortável, com o prato ao seu alcance, mas não deixe seu filhote alcançar. Em uma mão segure um pedaço da comida e a outra o clique.

Adestrar Passo 3 – Clique, quando ele ouvir o clique, irá investigar de onde veio, imediatamente de a recompensa. Ele não vai querer saber o porque logo de imediato, irá focar na satisfação e o sabor da recompensa.

Adestrar Passo 4 – Repita a sequencia várias vezes. Sempre clicando primeiro, e depois a recompensa. Certifique-se que ele tenha a chance de engolir antes de prosseguir para o próximo clique.

Adestrar Passo 5 – Rapidamente, o filhote irá olhar para a recompensa em suas mão logo que você clicar. ÓTIMO! Isso significa que o  cérebro do seu filhote ligou os pontos e entendeu que os cliques é o sinal de recompensas deliciosas.

Adestrar Passo 6 – Quando seu filhote entender o significado das sequencia de cliques  e recompensas, você irá usar o sinal para indicar os comportamentos que você quer que ele faça, e recompensa-lo. Você simplesmente aguarda seu filhote sentar, por exemplo, e clique e recompense imediatamente.

Adestrar Passo 7 –  Seu filhote pode parecer confuso. Ele virá até você, tentando descobrir de onde veio o som do clique. Quando ele senta-se novamente repita o exercício. Após 4 ou mais repetições, seu filhote irá entender que receberá algo em troca de sue comportamento.

Filhote entende a causa e o efeito ( a sua ação faz você clicar e recompensa-lo) muito rápido. Em pouco tempo, ele ira fazer todos os  comportamentos na  tentativa de fazer você clicar e recompensa-lo. Ele descobrirá que pode transformar você em um “distribuidor de guloseimas” umas vez que ele descobrir o que você quer.

Veja mais sobre “Como adestrar seu filhote ” em Fonte: about.com

Para ler mais publicações como "Como adestrar seu filhote", clique aqui | , , , , ,
Encontre mais publicações como "Como adestrar seu filhote" em | Treinamento | Brincadeiras

Palavras Tags: , , , ,

Obesidade em Cães: Controle de Peso e Prevenção

Publicado em 30 novembro 2012

Riscos da obesidade em cães

Obesidade canina é um dos problemas de saúde que mais cresce entre os cães nos dias de hoje. Tal como as pessoas, a obesidade pode levar a uma variedade de doenças, desordens e outras complicações em cães. Um estudo feito em 2008, pela Associação para a Prevenção da Obesidade Pets estima que 44% dos cães americanos estavam sobrepeso ou obesos. Isso é cerca de 33 milhões de cães.

Aprenda a controlar o peso do seu cão, inicie um plano de perda de peso, e evite o ganho de peso em primeiro lugar.

Há muitas razões para um cão se tornar obeso. Os culpados óbvios são alimentação e falta de exercícios. Um cão em recuperação de uma lesão ou doença fica propicio ao sedentarismo e, portanto o risco de ganho de peso é muito maior. Também é importante saber que o ganho de peso pode, na verdade, ser um sintoma de algumas desordens hormonais, tais como hipotireoidismo ou síndrome de Cushing.
Finalmente a predisposição genética é um fator importante. Algumas raças de cães são simplesmente mais propensas á obesidade do que outras, como o Buldogue Inglês, Beagle, Dachshunds, Pugs, Dálmatas, Cocker entre outras.

Risco para a saúde da obesidade em cães

Obesidade canina é perigosa porque pode levar a um grande número de problemas de saúde. Ele também pode afetar negativamente um problema de saúde já existente. As seguintes doenças e distúrbios podem ser causadas ou agravadas pela obesidade;

  • Doença Cardíaca
  • Diabete Mellitus
  • Hipertensão (Pressão arterial elevada)
  • Lesões ortopédicas (Como ruptura de ligamento cruzado ou luxação da patela)
  • Osteoartrite
  • Doenças respiratórias
  • Várias formas de câncer

Seu cão está acima do peso? Está Obeso?

Você pode ver muitas vezes os sinais indicadores da obesidade de um cão, mas ás vezes isso foge ao seu controle. Ganho de peso gradual não é tão perceptível quando você vê o seu cão todos os dias. Um amigo ou um membro da família que não vê seu cão diariamente pode notar a mudança de peso. Outros sinais de alerta são a intolerância ao exercício e a preguiça. Estes podem indicar um problema de peso ou outro problema de saúde. Em qualquer caso, o melhor é visitar o seu veterinário, se algo parecer errado. Além disso, certifique-se que seu cão vai ao veterinário para um exame de check-up a cada 6 a 12 meses. Este é o melhor caminho para seu veterinário detectar mudanças antes que haja um problema sério.

Há algumas coisas básicas que você pode fazer em casa para acompanhar o peso do seu cão. Lembre-se de sempre consultar um veterinário se suspeitar de algum problema.
Passar as mãos ao longo da caixa torácica do seu cão, você deve ser capaz de apalpar as costelas cobertas por uma fina camada de gordura. Incapacidade de sentir as costelas é um sinal de um cão está acima do peso.

Olhando para seu cão de lado, você dever ser capaz de ver a dobra para cima do abdômen. Um cão com excesso de peso terá muita pouca dobra ou nenhuma.
Vendo o seu cão de cima, dever haver um estreitamento moderado na cintura apenas após a caixa torácica. Uma linha reta ou curvada da caixa torácica para os quadris indica um cão acima do peso.

Controlando o peso do seu cão

Se o seu cão precisa perder peso, ou você só quer manter seu peso saudável, procure seu veterinário para desenvolver um programa de gestão de peso. Esse programa vai consistir principalmente de uma dieta estruturada e um plano de exercícios. Além disso, o veterinário irá ajuda-lo a definir metas e agendar horários para check-ups rápidos para monitorar o progresso do seu cão. Ele será útil para pesar o seu cão em uma base regular de preferência a cada duas semanas.

Dicas para perder peso

A perda de peso para os cães não é uma questão de força de vontade. Você, no entanto, pode ser necessário usar a força de vontade para resistir a esses olhares implorando por alimentos Lembre-se! Alimentos não é amor!
Para a maioria dos cães, o plano de dieta e exercícios tradicional ajuda no resultado. No entanto, alguns cães precisam de uma ajudinha extra. Estes cães podem ser candidatos a uma droga canina perda de peso chamado Slentrol (Diolotapide).

Outra forma de aumentar a perca de peso do seu cão é envolvê-lo em um esporte, você vai trabalhar com especialistas que querem treinar seu cão para o sucesso, mas não força-lo. Além de perder peso, o seu cão terá uma nova habilidade. Lembre-se consulte um veterinário antes para saber qual o esporte que seu cãozinho pode praticar.

Dieta

Alimentar seu cão com restos de comidas humana ou “Junk Food” é um forte aliado para obesidade. Alimentos para cães e guloseimas que são ricas em calorias também podem embalar na balança, dependendo do cão. O seu veterinário pode ajuda-lo a escolher o alimento certo para seu cão. Em alguns casos, os veterinários irá prescrever uma dieta de fibra especial de baixo teor de gordura. No entanto, também existe muita dieta comercial que pode funcionar, incluindo algumas dietas holísticas/natural.

Mesmo alimentos saudáveis e guloseimas vai levar ao ganho de peso se dado em excesso. Permitir que seu cão tenha uma alimentação livre deixando a tigela cheia o dia todo não é uma boa ideia, especialmente em uma casa com vários cães. Estabeleça  duas ou três refeições por dia. Apenas de a quantidade recomentada de alimentos. Instruções de alimentação no saco de ração geralmente não seja uma boa quantidade, procure seu veterinário para definir a quantidade certa.

As guloseimas devem ser significativamente diminuídas para um cão que esta acima do peso. As guloseimas nunca podem passar de 10% da alimentação de um cão, e esse percentual dever ser reduzido para a perca de peso. Você também deverá mudar o seu jeito de alimenta-lo. Pedacinhos de queijo, carne do churrasco entre outras delicias. Quer agrada-lo pedaços de cenoura ou maças eles vão adorar.

Exercício

Obviamente, o seu cão vai precisar de mais exercícios para perder peso. Se você ainda não passeia com ele diariamente por um período especifico de tempo, é bom tratar de começar agora. Agendar horários para passear com seu cão. Se você tem um programa de exercícios, aumente com frequência o ritmo, isso vai ser bom pra você também. A coisa mais importante é fazer um compromisso para um plano e ficar com ele. Seu cão está sempre disponível para você.

Muitos cães terão o prazer em estarem recebendo exercícios e atenção, eles espera com alegria suas sessões de exercícios programados. No entanto, os cães que estão muito acima do peso e fora de forma, pode representar um desafio.

Leia mais sobre “Obesidade em Cães: Controle de Peso e Prevenção” em Fonte: about.com

Para ler mais publicações como "Obesidade em Cães: Controle de Peso e Prevenção", clique aqui | , , , ,
Encontre mais publicações como "Obesidade em Cães: Controle de Peso e Prevenção" em | Saúde | Cuidados

Palavras Tags: , , , ,

Chinchilas como pet

Publicado em 30 novembro 2012

Chinchilas é um animal de estimação ideal para você?

Chinchilas pode ser um maravilhoso animal de estimação, mas para a pessoa certa, antes de decidir a ter uma chinchila de estimação, se familiarize com suas características únicas e todos os aspectos de cuidado é uma boa ideia.

Chinchilas como pet

As Chinchilas são adoráveis animais, não são animais de estimação para qualquer pessoa. Vale a pena se informar sobre as características únicas das Chinchilas, e seus prós e contras, para ajudar a tomar a decisão se uma Chinchila é o animal de estimação certo para você aqui vão algumas dicas;

Escolha uma Chinchila saudável

Evite levar para a casa uma Chinchila que apresente sinas e sintomas comuns de estresse ou outros problemas. Embora algum problema de saúde podem  estar escondido, ninguém pode fazer uma verificação rápida para alguns sinais comuns de doenças ou outros problemas. Mas se puder procure um veterinário para

fazer essa avaliação. Muitas doenças são contagiosas, é mais seguro evitar as Chinchilas com os companheiros de gaiola que parecem doentes.

Escolha da gaiola certa

Como é um animal muito ativo, as Chinchilas precisam de uma gaiola grande, espaçosa, de preferência com vários níveis. Além de a gaiola você ira precisar de acessórios, incluindo um ninho, garrafa de água, areia e alguns brinquedos para mastigar.

Chinchilas como pet

Alimentação

Chinchilas precisam de uma dieta de boa qualidade a fim de se manter saudável. Seu sistema digestivo é projetado para

alimentos ricos em fibras, assim uma dieta baseadas em fibras de boa qualidade, muita grama são essencial para sua alimentação. Uma dieta inadequada pode causar distúrbios graves e problemas de saúde, como algumas pessoas, as Chinchilas têm uma preferencia para doce e podem preferir comer coisas que não são boas para sua saúde.

Banho de Poeira

É preciso banho de poeiras regularmente para manter a pele da Chinchila sempre em bom estado suave e grosso. Chinchilas nunca devem ser banhadas em água. O banho de poeira da Chinchila penetra na sua pele e absorve os óleos e limpa a sujeira. O banho de poeira não é só para manter sua pele em perfeitas condições, mas também é uma diversão para a Chinchila.

Tratamento e Manuseio

Pode levar algum tempo para a Chinchila acostumar com a sua mão e seu colo, especialmente se são mais velhas e nunca tiveram esse contato antes. Algumas Chinchilas nunca vão gostar de ficar no seu colo por muito tempo (Elas vão preferir explorar o ambiente subir em você em vez de ficar no seu colo). Mas para ser capaz de lidar e interagir com a Chinchila o seu relacionamento com ela terá quer ser gratificante.                                                                                                                                       

Seus brinquedos

Chinchilas gostam de mastigar, correr, pular e se esconder. Estas atividades favoritas devem ser consideras quanto à escolha de seus brinquedos. Proporcionar uma variedade de brinquedos para mastigar não será apenas uma diversão para a Chinchila e sim uma ótima ajuda para manter seus dentes em boas condições. Muitas Chinchilas também gostam de rodas, mas é extremamente importante a escolha de uma roda segura que seja grande o suficiente para o tamanho das Chinchilas.

Chinchilas como pet

Segurança

As Chinchilas adoram explorar, e são muito curiosas e investigam as coisas mordendo para ver se são comestíveis. A curiosidade das Chinchilas é natural, isto significa que: toda vez que soltar a Chinchila de sua gaiola tenha certeza que tenha preparado o ambiente á prova de Chinchilas.

Chinchilas como pet

Se tiverem imagens ou vídeos envie para nós que publicaremos aqui.

Veja mais sobre “Chinchilas como pet” em fonte: about.com

Para ler mais publicações como "Chinchilas como pet", clique aqui | , , , ,
Encontre mais publicações como "Chinchilas como pet" em | Outros Animais

Palavras Tags: ,

Como entender seu gato

Publicado em 28 novembro 2012

Como entender os sinais dos gatos. Aqui abaixo uma gravura explicando o que significa o comportamento dos gatos. Nem sempre é perfeitamente como diz aqui, mas pra você que tem Gato ou Gata em casa, com certeza irá se identificar com algumas ou todas as imagens aqui. Se tiverem imagens ou vídeos envie para nós que publicaremos aqui. 

Entenda Seu Gato

Como entender seu gato

Sinais como “Estou com medo”  quando acuados no canto por um humano ou um cão.

“Estou Feliz em te ver” quando chega do trabalho e dá aquela despejada no sofá e ele fica te olhando, ou quando chega visita em casa e ele vai com sua cara.

“Estou irritado”, quando quer brincar com ele e ele não dá a mínima e você insiste, ou quando chega os sobrinhos da sua esposa que ficam berrando ou carregando o bichano lhe apertando pelo estômago.

“Estou Amigável” situações de quando ele vai com a cara de algum estranho, principalmente uma visita em casa ou uma gata persa.

“Estou interessado” e vendo a gata persa ele dá logo o sinal e diz com o rabo sacudindo “Estou louco por você” e se topar ele logo diz com o rabo “Quero Namorar”, mas se ela ou ele vai embora da pra perceber se está “Preocupado” e fica muito “Bravo” com os pelos todos arrepiados no rabo, ainda mais se um filhote de cachorro todo inocente chega pra brincar.

Agora pra quem tem gato em casa, principalmente aqueles filhotes levados que pula em tudo que é lugar, principalmente quando está assistindo as novela das 8. Aqui vai uma animação postada no Blog – Pegadas Cães e Gatos que achei o maior barato e gostaria de compartilhar com vocês. Lembrem-se se tiverem imagens e vídeos de seus gatos em situações como essas nos envie que publicaremos aqui em nosso blog Tudo Sobre Pet.

 Imagem de gato animada

Como entender seu gato

 Veja mais sobre “Como entender seus gatos” em Fonte: Blog  – Pegadas Cães e Gatos

Para ler mais publicações como "Como entender seu gato", clique aqui | ,
Encontre mais publicações como "Como entender seu gato" em | Treinamento | Brincadeiras

Palavras Tags: , , , ,

Jogo transforme seu cachorro em um Dog-einstein com Dog Magic

Publicado em 28 novembro 2012

Jogo Nina Ottosson Dog Magic

Jogo para brincar com seu cachorro. Pratique a memória de seu cão. Ao esconder guloseimas debaixo de uns dos nove esconderijos você pode ajudar a desenvolver o nariz do seu cão e do cérebro de uma foram divertida e envolvente.

Jogo Nina Ottosson Dog Magic

A Nina Ottosson Dog Magic é uma ótima maneira de manter seu cachorro de estimação em forma com suas habilidades em um divertido jogo cheio de prêmios deliciosos. Jogo ideal para sentar com a família e se divertir com seu pet.

Jogo Nina Ottosson Dog Magic

O jogo em si é relativamente fácil. Basta colocar as guloseimas debaixo de um osso de brinquedo ou mais e depois coloque seu cachorro para procurar as guloseimas. Para achar eles vão usar seu faro e o cérebro para sentir o cheiro das guloseimas. Use a criatividade para clocar quantas opções com ou sem guloseimas e observe como seu cão irá descobrir onde está as recompensas.

Jogo Nina Ottosson Dog Magic

É importante acompanhar o seu cão no momento em que estiver brincando, o produto é de plástico e nós sabemos como são os cães, especialmente filhotes, querem morder e picar em pedacinhos, então para evitar que seja ingerido e assim prejudicando a saúde de seu cão, acompanhe de perto e quem sabe utiliza como uma maneira de adestrar o seu fiel companheiro.

Produto feito com material resistente e sem pontas que possa machucar, garantindo assim segurança no momento da utilização.

A prova d’água e baba, não importa o quanto feliz e excitado seu cão esteja para resolver o desafio.

Com fundo anti derrapante para evitar que o cão mova o brinquedo enquanto se diverte.

Incentiva o seu cão a pensar e sair da preguiça.

Nível de dificuldade: Fácil

Acompanha instruções em DVD para usar enquanto se diverte com seu cão.

Leia mais sobre “Nina Ottosson Dog Magic” em Fonte: amazon.co.uk

Para ler mais publicações como "Jogo transforme seu cachorro em um Dog-einstein com Dog Magic", clique aqui | , , , ,
Encontre mais publicações como "Jogo transforme seu cachorro em um Dog-einstein com Dog Magic" em | Shopping

Palavras Tags: , ,

Top 10 Alimentos Humanos Tóxicos a Cães

Publicado em 28 novembro 2012

Não imaginamos o quanto alimentos humanos são prejudiciais aos nossos pets. No último ano, foram registrados mais de 100 mil casos de envenenamento de animais domésticos nos Estados Unidos, no Brasil não se sabe ao certo a quantidade exata, mas é comum ver notícias de envenenamento involuntário e voluntário de animais, principalmente Cães e Gatos. Em muitos casos são  substâncias que para você é completamente inofensivo, como alimentos humanos. Mas só porque algo é inofensivo para você não quer dizer que não vai causar algum dano ao seu animal de estimação. Vou falar principalmente de cães aqui e alimentos que devemos evitar ao extremo. Alguns dos mais perigosos venenos são alimentos e medicamentos que consumimos diariamente.

Isso vai depender em tipos específicos de alimentos em como vai afetar seu cão e o quanto foi ingerido ou inalado, sintomas pode incluir problemas gastrointestinal e neurológico, problemas cardíacos, respiratórios, coma, stress e casos que venha a óbito mesmo.

Alimentos que nunca deveria dar ao seu cão

Os 10 piores alimentos péssimos para cães

Top 10 Alimentos Humanos Tóxicos a CãesVeneno número 1. Medicamentos para humanos: Drogas que talvez seja benéfico, ou talvez salve vidas, para pessoas pode ter efeito oposto em animais domésticos. E não necessariamente é preciso dar toda a dose para efeitos destruidores.

Alguns dos mais comuns e prejudiciais medicamentos que pode envenenar seu cão inclui:

Não esteroide anti-inflamatório, como Ibuprofeno ou Naproxeno, o que pode levar a uma úlcera ou falha nos rins.

Antidepressivo, o que pode levar a vômito e, em casos mais sérios, síndrome da serotonina – Uma condição séria de aumento de temperatura, aceleramento do coração, e pressão sanguínea que pode levar a ter convulsões.

Isoniazida, uma droga para tuberculose, é difícil para os cães processarem. Mesmo um único comprimido pode causas problemas aos pequenos cães. Sinais de envenenamento inclui convulsões e coma.

Top 10 Alimentos Humanos Tóxicos a CãesVeneno número 2. Produtos de pulgas e carrapatos. Talvez pense que esteja fazendo algo de bom para seu cãozinho aplicando produtos marcados como anti pulgas e anti carrapatos, mas milhares de animais são, sem intenção, envenenados por estes produtos todos os anos. Problemas podem ocorrer se cães ingerirem acidentalmente esses produtos, ou se uma pequena raça receber uma quantidade superior do indicado.

 

 

Top 10 Alimentos Humanos Tóxicos a CãesVeneno número 3. Alimentos humanos. Seu cão, fiel companheiro, talvez pareça tão lindinho sentado te olhando e pedindo um pedacinho do bolo de chocolate que está comendo ou Batatas fritas com aquele molho caseiro delicioso, pode estar salvando a vida dele não dando nada a ele. Os animais possuem um metabolismo diferente de humanos. Alguns alimentos e bebidas que é perfeitamente segura sendo ingerida por nós pode ser extremamente perigoso e algumas vezes até fatal para cães.

 

Chocolate. Apesar de não ser um alimentos prejudicial para pessoas, produtos derivados de chocolate contém substâncias chamada metilxantinas que podem causar vômitos em pequenas doses, e morte se ingerido em grandes quantidades. Quanto mais amargo e concentrado o  cacau, mais concentrado é essa substância comparado com chocolate ao leite. A quantidade de chocolate pode causar a vir a óbito dependendo do tipo de chocolate e o tamanho do seu cão. Para raças pequenas, apenas 15g de chocolate pode ser fatal, enquanto que uma raça maior pode sobreviver comendo algo em torno de 114g a 225g. Café e cafeina tem similaridades nas substâncias.

– Álcool. Sintomas de envenenamento por ingestão de álcool em animais é similar ao de pessoas, inclui vômito, problemas respiratórios, coma e em casos mais sérios até a morte.

Abacate. Talvez pense que esses alimentos são saudáveis, mas abacates possuem substâncias chamada Persin que age como veneno para os cães, não somente a polpa, mas também a casca, semente, folhas e galhos.

Noz Macadâmia. Cães podem sofrer seriamente com sintomas incluindo, fraqueza, corpo quente, vômito após ingerir a Noz de Macadâmia.

– Uvas e Ameixas. Especialistas ainda não sabem ao certo o porque, mas esses alimentos frutas pode induzir a falha nos rins em cachorros. Mesmo em pequenas quantidades podem causar problemas em alguns cachorros.

– Xilitol. É um adoçante encontrado em diversos produtos, incluindo chicletes sem açúcar e doces. Causa uma rápida queda de açúcar no sangue, resultando em fraqueza e convulsões. Falha nos rins também foram registrados em alguns casos.

Veneno número 4. Venenos para ratos e roedores. Rodenticidas (Raticida) mais comum no Brasil é o Chumbinho, se ingerido por cães, pode causar sérios problemas. Os sintomas podem variar de acordo com o tipo de veneno, e os sintomas só vai aparecer talvez dias após a ingestão. Em alguns casos, o cão pode ter ingerido o roedor morto pelo veneno, mas não é intoxicado ou não tem contato com o veneno. (Como matar rato sem veneno?)

Veneno número 5. Medicamentos para PET (Animais domésticos). Assim como podemos ficar doentes, or morrer por medicamentos que tem intenção de nos ajudar, casos com animais domésticos envenenados por veterinários, acontecem, não intencional, mas pode acontecer. Dos mais comuns são os medicamentos para dores e vermífugos.

Veneno número 6. Plantas de casa. Elas podem ser bonitas, mas plantas não necessariamente são comestíveis ou alimentos. Algumas plantas que são mais tóxicas a cães são:

– Azaleias e Rododendro.  Essas plantas com flores lindas contém toxinas que causam vômito, diarreia  coma, e potencialmente levar a morte.

– Tulipas. Os botões dessas plantas pode causar sérios problemas no estômago, convulsões e problemas de coração.

– Sagu-de-Jardim (Cycas revoluta). Comendo apenas algumas sementes é suficiente para causar vômito, convulsões e falha nos rins.

Veneno número 7. Perigos químicos. Sem surpresas, produtos químicos contendo anticongelante, tíner para pintura e químicos para limpeza de piscinas pode ser um grande veneno de cachorro. Os sintomas mais variados são dores de estômago, depressão e queimaduras.

Veneno número 8. Materiais de limpeza doméstica. Assim como água sanitária pode envenenar pessoas, também pode envenenar animais domésticos, resultando em dores de estômago e problemas respiratórios.

Veneno número 9. Metais pesados. Cobre, que pode ser encontrado em pinturas, linóleo, baterias descarregadas mal descartadas e água de baterias, pode ser venenoso e ingerido pelo cão, causando problemas gastrointestinal e neurológico. Zinco pode ser absorvido se ingerir pequenas moedas de cobre, podendo levar a fraqueza e anemia.

Veneno número 10. Fertilizantes. Produtos utilizados em jardinagem pode ser venenoso se seu pet ingeri-lo.

O que fazer se suspeitar que seu cão está envenenado?

Se suspeita que seu cão foi envenenado, tente ficar calmo. É importante agir rápido, mas racionalmente.

Primeiro, pegue tudo que acredite que venha a ser a causa do envenenamento – isso pode ajudar o seu veterinário ou outros especialistas a ajudar a diagnosticar e medicar da melhor maneira possível. Se seu cão vomitou, colete amostras em caso seu veterinário queira examinar.

Tente manter o animal calmo e entre em contato com seu veterinário.

Proteção contra envenenamento: Deixe sua casa livre de perigos

A melhor forma de reduzir as chances de seu amado companheiro ser uma vítima de envenenamento é evitando exposição de substâncias perigosas.

– Mantenha todos os remédios, mesmo os frascos para crianças, em armários e prateleiras que são impossíveis de serem alcançadas por eles. Se sem querer deixar cair um comprimido no chão, tenha certeza de pegar imediatamente. Auxilie qualquer um que necessite de ajuda na medicação, como idosos, por talvez deixar cair no chão.

– Sempre siga a risca indicações de venenos para pulgas e carrapatos.

– Mesmo que dê alguns tipos de comidas humanas com segurança para seus animais como recompensa, outras são tóxicas. Se tiver alguma dúvida sobre qual é segura ou não, pergunte ao seu veterinário. Ou para ter certeza, dê somente comidas e snaks que são indicadas ao tipo de animal doméstico que possui.

– Certifique-se de que venenos para roedores, inseticidas e rodicitas estejam em seus devidos frascos e longe do alcance dos animais. Lembre-se que cães podem ser infectados por ratos envenenados expostos quando agonisando para morrer, então tenha cuidado e policie a utilização dos mesmos. Avise seus vizinhos que utilizou  veneno para que possam também observar e ficarem atentos e peça para que façam o mesmo com você. (Como matar rato sem veneno?)

– Quando comprar plantas para interiores, opte para aquelas que evite causar problemas se seu cachorro comer folhas dela. Busque informações sobre plantas tóxicas e não-tóxicas. Mantenha o máximo longe do alcance dos animais.

– Armazene todos os produtos químicos e materiais de limpeza longe do alcance dos animais.

Leia mais sobre “Top 10 Alimentos Humanos Tóxicos a Cães” em:

Fontes:
American Society for the Prevention of Cruelty to Animals Web site: “ Top 10 Pet Poisons of 2008.”
ASPCA Web site: “ Top 10 Human Medications That Poison Our Pets.”
ASPCA Web site: “People Foods to Avoid Feeding Your Pets.”
American Animal Hospital Association Web site, Healthypet.com: “Chocolate is dangerous for pets.”
American Veterinary Medical Association: “ A Pet Owners Guide to Poisons.”
ASPCA web site: “ 17 Common Poisonous Plants.”
American Animal Hospital Association Web site, Healthypet.com: “Flea control products.”
ASPCA Web site: “ What To Do If Your Pet Is Poisoned.”
Para ler mais publicações como "Top 10 Alimentos Humanos Tóxicos a Cães", clique aqui | , ,
Encontre mais publicações como "Top 10 Alimentos Humanos Tóxicos a Cães" em | Saúde | Cuidados

Palavras Tags: , , ,

Beagle

Publicado em 28 novembro 2012

Beagle

O Beagle foi originalmente criado para fins de caça e faz sua tarefa muito bem se diga de passagem. Sendo um cão de cheiro, esta raça tem a tendência a seguir o seu nariz e ignorar tudo e qualquer coisa. Para treinamento de obediência em uma idade precoce é fundamental. O Beagle originou-se com o cruzamento entre Harrier e muitos outros cães na Inglaterra. São ótimos de caças principalmente a caça a lebre, faisão e codorna.

Caráter do Beagle

O Beagle é cheio de energia e faz a diferença em um ambiente familiar. Eles são muitos animados, ativos e de muita energia para gastar, é o companheiro certo da criançada dado também a sua fácil socialização. Esta raça é de alerta até mesmo temperamento e nunca irá mostrar sinais de agressividade ou timidez. O Beagle pode ser muito travesso e ousado, ás vezes de modo que devemos ficar de olho e tomar devidas precauções como treinamento.

Beagle

Temperamento

O Beagle é um cão muito feliz um companheiro maravilhoso para muitas famílias diferentes. Esta raça se adapta a diferentes ambientes e estilos de vida, se não a todos. O Beagle é muito ansioso para agradar, e é muito inteligente, no entanto a formação deve ser consistente como esta raça tende a perder o interesse e se concentrar em algo que chama sua atenção. Eles se dão muito bem com as crianças, e pode fazer excepcionalmente bem com outros animais de estimação deste que socializados corretamente.

Beagle

Cuidados

Beagle deve exigir escovação diária para remover qualquer cabelo solto ou morto. Limpa-lo com um pano úmido deve ser suficiente para o aspecto de banho. As orelhas do Beagle devem ser limpas com frequência, esta raça e propensa a dores de ouvido ou infecções de ouvido. As unhas do Beagle também devem ser aparadas. Esta raça é de porte médio, que pode ser facilmente cuidada.

Beagle

Pelo

O Beagle tem um pelo médio relativamente fácil de cuidar. É de pelo duro curto rente ao corpo nunca macio ou sedoso. O Beagle se parece com uma pequena raposa Inglesa, Beagles têm um pelo muito elegante.

Beagle

Treinamento

O Beagle é muito inteligente e muito ansioso para lhe agradar, fazendo dele um aluno maravilhoso para adestrar. No entanto, eles tendem a perder o interesse rapidamente. Como fazer com que tenham foco e a segui-lo? Isto é, quando treinamento de obediência entra em ação.
Se devidamente treinado, o Beagle atenderá, no entanto, se não for devidamente treinado ele irá lhe ignorar, será um grande problema. Consistência e firmeza, mas sendo gentil enquanto adestra, excederá as expectativas de ambos e deixará o cão como deseja.

Beagle

Atividade

O Beagle é bastante ativo e adora caminhadas longas e vigorosas. Considerando que eles têm um instinto de caça muito forte, esta raça deve ser sempre mantida no quintal cercado, pois se algo lhe chamar atenção ele irá atrás. Duas longas caminhadas diárias são recomendadas, como esta raça parece ter grande resistência e ser pouco incansável. O Beagle responde melhor em uma casa com quintal grande.

Beagle

Suas Características:

Tamanho

**

Cuidados

**

Exercícios

***

Capacidade

****

Relacionamento com outras raças

*****

Peso de 15 a 20 kg
Tamanho de 33 a 45 cm
Cor Tricolor (branco, preto e marrom) e Bicolor (marrom e branco ou branco e preto)

Leia mais sobre "Beagle" em Fonte:Nextdaypets.com
Para ler mais publicações como "Beagle", clique aqui | , , ,
Encontre mais publicações como "Beagle" em | Cães

Palavras Tags: , , , ,

Como matar ratos sem veneno – Fórmula Caseira

Publicado em 28 novembro 2012

Matar ratos sem veneno hoje em dia é quase imaginável  Mas existe uma fórmula caseira de veneno que vai solucionar o problema em casa, caso tenha animais domésticos e bebês/crianças em casa. Existem situações onde pode colocar em risco a saúde de pessoas, crianças e animais domésticos colocando venenos para acabar com os roedores. Exemplo o famoso chumbinho.

Mas existe uma fórmula caseira capaz de exterminar com os roedores sem que afete a saúde de outros.

Matar ratos sem veneno - Receita CaseiraPara prepara o veneno você irá precisar de:

– 1 xícara de qualquer feijão

Preparação do Veneno:

Pode ser sem lavar e tem que ser cru, coloque no multiprocessador, ou liquidificador (NÃO COLOCA ÁGUA) e triture, virando uma farofa fina, sem deixar virar totalmente pó.

Aplicação do veneno: 

Utilize colher de chá e faça montinho nos cantos das paredes no chão, perto de portas, janelas, perto de geladeiras, fogão, bem onde, todos sabemos, eles passam.

Resultado do veneno:

O rato roedor ingerindo essa farofa de feijão crú, chegando ao seu pequeno estômago não possuem substâncias que digerem o feijão crú, fazendo com que o mesmo fermente e acaba envenenando os ratos.

Resumindo:  Morre em 3 dias.

Atenção!

Matar ratos sem veneno - Receita Caseira

Ao contrário de utilizar o chumbinho por exemplo e outros venenos tradicionais, o rato morre e não contamina animais de estimação, caso comem o rato morto. A quantidade de feijão ingerida pelo rato não é suficiente para causar algo aos animais com cão e gato, de qualquer forma, geralmente os gatos e cachorros gostam de matar para comer, raramente comem animais já encontrado mortos. Se tiver bebê no período em que estão gatinhando e que colocam tudo na boca, não apresenta perigo, pois o feijão, mesmo crú, não apresenta mal ao ser humano, claro, que tudo em excesso pode causar problemas, portanto não vai sair comendo 1Kg de feijão crú e esperar que nada vai acontecer, pode ser entoxicante para o ser humano também.

Não tem contra indicação.
Para ver mais artigos como “Como Matar Ratos sem Veneno – Fórmula Caseira” em Fonte: reinaldoin – Tuto Mania



 

					
Para ler mais publicações como "Como matar ratos sem veneno – Fórmula Caseira", clique aqui | , , , ,
Encontre mais publicações como "Como matar ratos sem veneno – Fórmula Caseira" em | Saúde | Cuidados

Palavras Tags: , , , ,

10 dicas para escolher seu pet

Publicado em 28 novembro 2012

10 dicas para escolher seu pet

Pet, como escolher? Aqui vão 10 dicas para escolher seu pet ideal. Hoje nossa vida é bem diferente de alguns anos atrás, de como era a vida de nossos pais. Naquela época as maiorias das famílias tinham cães como pet, como pastor alemão e boxers e ás vezes um gato, fora os visitantes que apareciam de vez em quando para uma ou duas refeições semanais. O núcleo familiar era composto pelo marido e a esposa que ficava em casa cuidando das crianças. Hoje em dia esse núcleo familiar é certamente diferente eu só não sei se ele é melhor ou pior.

Hoje temos uma variedade de pets para escolher, e esses animaizinhos vão fazer parte da nossa vida torna-se membro de nossa família, nosso melhor amigo. Aqui estão algumas dicas do que fazer e oque fazer quando escolher um animal de estimação.

1 – Não compre um Pet por impulso

Não compre seu animal de estimação por capricho ou inspiração. Comprar seu pet em um pet shop somente porque ele fez aquela carinha adorável não é a melhor solução quando esse irá fazer parte de sua família por alguns anos. Às vezes não somos os melhores a julgar quais são nossas necessidades e desejos, e às vezes nossas escolhas não irá atender nossas necessidades. Por isso antes de escolher seu pet pesquise, converse com seus amigos que tenham um pet em casa, procure saber qual a melhor raça que combine com seu estilo de vida.

2 – Pesquise antes de adquirir um Pet

Procure aprender tudo sobre o tipo de animal de estimação que você está considerando comprar. Lojas de animais não são os melhores lugares para obter essas informações geralmente nestas lojas as informações são básicas lá eles são apenas um produto a venda. Livros são boas fontes de informação apesar de não acharmos muitos livros no assunto, internet você pode encontrar boas informações, adestradores é uma ótima fonte de informação também.
Vale lembrar que um novo animal de estimação pode alterar a estrutura de uma família e precisa ser aceitos por todos os membros da família. Se você estiver pensando em comprar um cachorro, aprenda sobre os atributos especiais de muitas raças. Raças de cães são tão diferente em suas personalidades, habilidades e necessidades como as pessoas são.

3 – Visitem associações de animais Pet e centro de adoções de animais

Visitar esses lugares e interagir com animais irá lhe ajudar na escolha de seu pet. Observe os animais procure ficar próximo do animal que deseja adquirir e faça uma análise mental de pontos positivos e negativos.

4 – Combine seu animal de estimação (Pet) com seu estilo de vida

Você gosta da noite ou do dia? Alguns animais de estimação como planador do açúcar e furões gastam a maior parte do dia dormindo e são mais ativos à noite. Você trabalha longas horas? Alguns animais não gostam da solidão enquanto outros não se importam. Você tem crianças? Eles estão maduros o suficiente para não ser uma ameaça ao novo integrante do grupo? Se você viaja muito, quem irá cuidar do seu animalzinho na sua ausência?

5 – Combine seu animal de estimação (Pet) ao seu ambiente

Quanto ao espaço livre? Existe quintal? Tem muros? Como seus vizinhos se sentem sobre seu novo pet? Se mora de aluguel quais são as implicações de ter um pet na residência?

6 – Porque você quer um pet?

Este animal de estimação será substituto de uma criança? Não há nada de errado com isso. Possivelmente você irá querer um cão ou um gato que são excepcionalmente carinhosos. Raças como Toy pode ser ideal para você. Seus traços e personalidades são muitos importantes. Você quer um animal de estimação que é independente e exige pouco contato ou você está procurando um companheiro energético com quem você pode correr ou jogar bola?
Com o passar do tempo os animais de estimação e seus donos tendem a assemelharem-se uns aos outros. Considere as razões porque você quer um animal de estimação. Você quer jogar com ele e acaricia-lo? Então uma salamandra ou uma tartaruga não pode ser seu animal de estimação. Você quer ensinar truques e interagir com ele? Um cão, gato ou furão pode ser a escolha certa. Muitas famílias compram animais de estimação para ser companheiro dos seus filhos. Esta é uma excelente ideia. No entanto, não se compra um animal de estimação para incumbir responsabilidade em uma criança. Esteja preparado para cuidar do seu pet.

7 – Este é o momento certo em sua vida para ter um animal de estimação (Pet)

Considere francamente se este é realmente o momento certo em sua vida de possuir um animal de estimação. Se você já tem outros animais e se eles vão se dar bem com o novo integrante do grupo. Como está seu tempo?

8 – Estimativa de vida do seu pet

Quanto tempo de vida você espera que seu animal de estimação vá viver? Média de cães e gatos pode viver de 12 -16 anos, alguns mais. Tartarugas e peixes dourados têm vida que se aproximam das nossas. Pequenos papagaios podem viver de 8-14 anos, os maiores 35-60 anos. Ratos, no entanto vivem aproximadamente 2 anos.

9 – Você será capaz de atender as necessidades especificas do seu animal de estimação (Pet)

É uma boa ideia fazer uma pesquisa on-line ou em livros de quais os cuidados que seu animal de estimação necessita. Converse com outros donos e procure saber as experiências e dicas que eles possam lhe passar. Você tem tempo suficiente para alimenta-lo adequadamente e limpar seu espaço? Muitos animais de estimação ficam entediados se eles não têm suficiente contato. Este tédio pode levar a uma variedade de comportamentos indesejáveis.

10 – Custo com um pet

Além do custo inicial do animal de estimação, você vai incorrer em gastos consideráveis em comprar o animal de estimação um lar adequado ou gaiola. Com o tempo, o custo de uma boa dieta será muito superior ao valor pago por ele. Além de precisar de cuidados veterinários caros, higiene e pet sitters também.

Para saber mais sobre “10 dicas para escolher seu pet” acesse

Fonte: 2andchance.info

Para ler mais publicações como "10 dicas para escolher seu pet", clique aqui | , , , ,
Encontre mais publicações como "10 dicas para escolher seu pet" em | Comportamento

Palavras Tags: , , , , , , , , , , ,

Animais de estimação exóticos escolhidos por Crianças

Publicado em 28 novembro 2012

Animais de estimação exóticos, o 5 mais escolhidos e indicado para crianças. Existe hoje diversos tipos de animais exóticos recomendado para crianças, mas alguns são melhores do que outros animais. Considere essa lista de animais de estimação, e tente levar em consideração o que espera do animalzinho antes de tomar uma decisão de escolher um animal exótico para sua criança.

1. Animais de estimação – Porquinhos da Índia (Préas)

Os 5 animais de estimação exóticos escolhidos por CriançasEu amo preás para as crianças, por várias razões. Preás geralmente não mordem, não é frágil como a maioria dos Hamsters (Marmota/Criceto) e são consideravelmente animais baratos.

Vivem por volta de 5 a 6 anos, que é muito mais do que um Hamster por exemplo, e adora ser um pet e receber carinho do dono. Muitos adoram correr em esteiras feitas sob medida e fazer exercícios.

 

 2. Animais de estimação – Ratos

Os 5 animais de estimação exóticos escolhidos por CriançasEsses animais roedores são inteligentes! Possuem personalidade e amam brincar com brinquedos e jogos. Ratos são animais mais fortes que Hamsters e tipicamente vivem mais. Ratos não possuem reputação de morder assim como Hamster também não.

 

 

 

3. Animais de estimação – Lagarto Leopardo (Leopard Geckos)

Os 5 animais de estimação exóticos escolhidos por CriançasEsses pequenos lagartos não precisa de grandes tanques como a maioria dos animais répteis necessitam e são dóceis quando em mãos de crianças. Não tem a tendência de morder, especialmente quando crescem por volta de 3 – 4 semanas após saírem do ovo.

Não necessitam de Luzes Ultravioleta (UVB) por serem criaturas noturnas e não necessitam de frutas frescas e vegetais preparados diariamente.

Não tem odor e são quietos não precisa se preocupar com barulhos de esteira como as de Hamster no meio da noite.

4. Animais de estimação – Coelhos

Os 5 animais de estimação exóticos escolhidos por CriançasExistem diversos tipos de coelhos para escolher, mas o mais comum é o que consiga sobreviver mais com as crianças. Normalmente não mordem, vivem mais do que Hamsters e possuem personalidade.

 

 

 

5. Animais de estimação – Lagarto Barbudo (Bearded Dragons)

Os 5 animais de estimação exóticos escolhidos por CriançasAssim como Lagartos Leopardo, Lagarto Dragões Barbudos são criaturas gentis. Um pouco mais forte do que os Lagartos Leopardos, Barbudos não mordem e são do tamanho perfeito para pequenas mãos. Esses lagartos adoram ficar pendurados em ombros enquanto é feito toda a tarefa de casa, são tranquilos e calmos, não tem odor e podem viver até 20 anos.

 

 

Encontre mais sobre “Os 5 animais de estimação exóticos escolhidos por Crianças” em:

Fonte: About.com
Para ler mais publicações como "Animais de estimação exóticos escolhidos por Crianças", clique aqui | , , , , , , , , , , ,
Encontre mais publicações como "Animais de estimação exóticos escolhidos por Crianças" em | Outros Animais

Palavras Tags: , , , , , , , , , , ,

Cães possuem cérebros maiores do que gatos

Publicado em 28 novembro 2012

Você Sabia? Cães possuem cérebros maiores do que gatos.

Os cães possuem cérebros maiores que gatos segundo pesquisadores Susanne Shultz e Robin Dunbar da Universidade de Oxford (Reino Unido) concluíram que cães possuem cérebros maiores, após estudar o processo de evolução dos cérebros de diferentes grupos de mamíferos, incluíndo cãesdurante os últimos 60 milhões de anos.

Você sabia? Cães possuem cérebros maiores do que gatos

Isso por causa das espécies mais sociáveis dos mamíferos usam mais recursos do cérebro do que os solitários de acordo com os pesquisadores.

A chave parece residir em um grau de sociedade dos animais. O cérebro que desenvolveu em tamanho foi o dos Primatas, Cavalos, Golfinhos, Camelos e Cachorros. Enquanto que os cérebros solitários de Gatos, Cervos (Veado) ou Rinocerontes registram um crescimento inferior no mesmo período de tempo.

Os autores dos estudos Susanne Shultz e Robin Dunbar explica os resultados em suas palavras:

“Este estudo contradiz o que ao longo do tempo acreditava-se que o tamanho do cérebro cresceu em todos os mamíferos. Sendo que na verdade, grupos de espécies mais sociáveis vem desenvolvendo seus cérebros muito mais rápido do que espécies menos sociáveis ou solitárias. Isso sugere que cooperação e coordenação é necessária para os que vivem em grupos que exige maior competitividade e as vezes a necessidade de aguentar a demanda social de um grupo, ” diz Susanne Shultz.

Pela primeira vez, é possível providenciar uma linha de evolução no tempo para estudar a evolução do cérebro. É interessante ver que animais mesmo que teve contato com humanos, como gatos, possuem cérebros menores do que Cães e Cavalos por causa de seu desinteresse em ser social.

Você sabia? Cães possuem cérebros maiores do que gatos

Os pesquisadores utilizaram informações disponíveis para medir os tamanhos dos cérebros e tamanho do corpo de cada grupo de mamíferos vivos comparados com informações semelhantes em fósseis de mamíferos da mesma linha . Eles mediram o crescimento de acordo com o crescimento do corpo e mudanças nas proporções ao longo do tempo. O crescimento dos mamíferos foram comparados com grupos diferentes de outros mamíferos para observar mudanças de padrões de evolução.

Percebeu que cachorros são muito mais sociáveis do que gatos? Por possuírem um cérebro maiores fazem mais inteligentes? O que isso quer dizer e sobre nós humanos?

Encontre mais sobre “Você sabia? Cães possuem cérebros maiores do que gatos” em:

Fonte : Science Daily

Para ler mais publicações como "Cães possuem cérebros maiores do que gatos", clique aqui | , , , , , , , , , , ,
Encontre mais publicações como "Cães possuem cérebros maiores do que gatos" em | Curiosidades

Palavras Tags: , , , ,

Como adestrar seu filhote a sentar-se

Publicado em 01 novembro 2012

Como adestrar seu filhote a sentar-se

Como adestrar seu filhote a sentar-se. Adestrar o seu cachorro a “sentar” com comando é uma grande ferramenta que você pode usar de várias maneiras. Adestrar é um comando fácil de ensinar, e pode ajudar seu filhotinho a sentir-se orgulhoso quando receber elogios pelo seu comportamento natural.

Uma vez que ele sabe como se “sentar” com comando, você pode usar isso como um comportamento padrão como ensinamos as crianças a dizer,”por favor, e obrigada.” Por exemplo, Adestrar com o comando “sentar” é uma técnica excelente para você controlar os “surtos” de cachorro indisciplinado cheios de energia. Enquanto o rabo fica no chão,  não terá mais problemas de nariz cutucando em áreas proibidas.

Benefícios em adestrar seu filhote a sentar

Se adestrar corretamente seu cachorro irá aprender a usar esse comportamento como padrão, como forma de ganhar recompensas maiores. Sentar, para ele, passará a ser uma forma de pedir (e receber) os benefícios, porque ele sabe que só seguindo as regras de casa é que ele irá conseguir o quer.

Aqui estão alguns exemplos para adestrar; Para ele ir para fora, use o comando “sentar” primeiro. Na hora da refeição, “sentar-se” torna-se um pedido educado, e a sua recompensa e a sua vasilha cheia de comida colocada na sua frente. Quando seu cachorro traz um brinquedo para jogar, ensine que primeiro deve “sentar-se” e depois será recompensado com o jogo.

Treinamento Lure em adestrar seu filhote a sentar

Adestrar seu filhote desde pequeno irá poupar você de surpresas quando adulto. Adestrar usando comando “sentar” desde cedo, isso coloca você no controle, ao mesmo tempo em que reforça qual a sua posição social na família. Ele aprende desde cedo que, como parte da família, ele tem que conviver com os seres humanos e, e com você controlando os recursos de comida, abrindo portas, jogos, seu animal de estimação dever ser educado com você.

Existem várias técnicas para adestrar cães disponíveis hoje. O treinamento Lure usa formas de recompensa de alto valor como uma comida favorita ou um brinquedo favorito para gentilmente atrair e orientar o seu cachorro para a posição sentado.

Fique na frente do seu cachorro e diga: “sente-se”. Certifique-se de falar com ele com a voz firme e calma.
Segure a “recompensa” logo acima de sua cabeça na direção do nariz, levante a “recompensa” para cima e por cima de sua cabeça. Para seguir o movimento ele terá que levantar a cabeça e com isso perderá o equilíbrio. Quando seu nariz farejar a “recompensa”, ele irá tocar seu bumbum no chão para não cair. Assim que tocar o bumbum no chão, dê a recompensa.

Crie uma rotina e repita este exercício várias vezes ao dia. Se você estiver usando comida, não deixe de agendar o treinamento antes das refeições de modo que ele esteja com fome na hora do treinamento. Dentro de um curto espaço de tempo, seu cachorro aprende que para ganhar a “recompensa” basta sentar assim que você dizer o comando em vez de esperar você fazê-lo ficar atraído pela “recompensa”.

Uma vez que ele sabe o significado do comando “sentar”, basta associar este comando com um movimento da mão, exemplo – usar o punho fechado, feito à escolha usá-lo o tempo todo. Use o comando de voz com o movimento da mão toda vez que fizer o treinamento, sem a “recompensa” desta vez. Ele irá começar associar o movimento da sua mão com o comando.

Seu objetivo é o fazer reconhecer a ação da mão com o comando de voz, realizar o que foi pedido, e depois ser recompensado com o brinquedo ou a comida favorita.

No começo do adestramento certifique-se de sempre recompensa-lo com comida ou brinquedo por vez. Certifique-se de usar a “recompensa” durante o treinamento para que ele espere as lições para ganhar.

Eventualmente, diga o comando “sentar” sem gratificação (além do elogio verbal) e ofereça a “recompensa” na terceira vez. Isso é chamado de “recompensas intermitentes” é uma poderosa ferramenta de ensino. Seu cachorro descobre que ele pode ter uma “recompensa”, mas ele nunca sabe quando, por isso ele é mais susceptível de ser fiel. O objetivo é para ele aprender a reconhecer o comando e realizar a ação com ou sem uma “recompensa”.

Encontre mais sobre “Como adestrar seu filhote a sentar-se” em:

Fonte:puppies.about.com by Amy Shojai 

Para ler mais publicações como "Como adestrar seu filhote a sentar-se", clique aqui | , , , ,
Encontre mais publicações como "Como adestrar seu filhote a sentar-se" em | Treinamento | Brincadeiras

Receba Novidades

Seu e-mail aqui!

Junte-se a 299 outros assinantes


SOCIAIS

  • Alecrim e Salsa Comida
  • Contrata Já! Contrata Já!
  • Facebook Curta!
  • Quero um Blog Aprenda a fazer seu próprio blog
  • YouTube Assista!
%d blogueiros gostam disto: