Arquivo | dezembro, 2012

Palavras Tags:

Ratos

Publicado em 18 dezembro 2012

Coisas que você precisa saber para ter Ratos de estimação.

  • Ratos podem ser animais de estimação maravilhosos, são inteligentes e sociais.
  • São facilmente domesticados
  • Relativamente fácil de cuidar
  • Exigem muito de sua atenção pelo menos uma hora de exercício por dia fora da gaiola
  • Os ratos convivem bem com outros ratos do mesmo sexo ou em grupos. Os machos geralmente se dão muito bem com outro macho, especialmente se introduzido ainda filhote ou jovem.
  • Mesmo se mantido em grupo os ratos são fáceis de adestrar.
  • Ratos são curiosos
  • Como regra geral, os machos são maiores que as fêmeas, mais preguiçosos e seu pelo é um pouco mais grosso. As fêmeas são menores e tendem a serem mais ativas e brincalhonas.

Ratos - Tudo Sobre Pet

 

Onde encontrar Ratos

Lojas de animais: certifique-se que a loja/funcionários tem o conhecimento de como cuidar de ratos, se estão sendo bem tratados, se o lugar é limpo. Procure lojas que machos estejam separados das fêmeas para não ter surpresa no futuro.

Criadores: provavelmente o melhor lugar para achar ratos jovens e bem socializados. Um bom criador irá se certificar que os filhotes sejam socializados deste as primeiras semanas de vida.

Qualquer das duas opções acima, na escolha do seu ratinho de estimação certifique-se que ele esteja saudável, e que seja bem socializado.

Ratos - Tudo Sobre Pet

Como escolher seu ratos de estimação

  • Tende evitar ratos que entrem em pânico quando são manuseados, que demoram muito a relaxar quando estão em suas mãos e também aqueles que são muitos quietos, pois podem estar doentes. Uma dica observe o rato que é curioso o suficiente para se aproximar de você.
  • Os ratos devem sempre estar em alertas e serem ativos.
  • Seu corpo deve ser firme e bem arredondado. Os mais jovens tendem a serem um pouco mais magros.
  • O nariz, olhos, orelhas e extremidade traseira devem estar sempre limpos e sem machucados.
  • Seu pelo deve estar limpo e bem conservado (ratos saudáveis gastam muito tempo se limpando) A pele da orelha e cauda deve estar sempre limpa e rosada.
  • Sua pele não deve ter lesões e nem marcas vermelhas.
  • Observe sua respiração, certifique-se que ele não está espirrando e seu nariz e olhos com coriza. (doenças respiratórias são muito comuns em ratos)
  • Preste atenção na sua boca se estiver babando ou com umidade pode ser um sinal de problemas dentários.
Ratos - Tudo Sobre Pet

Características

  • Média de vida 2-3 anos
  • Comprimento: corpo 22 a 27 cm; cauda 17 a 22 cm.
  • São mais ativos à noite
  • Ratos são animais sociáveis
  • Atingem a puberdade muito jovem – 6 a 8 semanas de idade
  • As fêmeas entram no cio a cada 4 a 5 dias por cerca de 24 horas, durante esse tempo ela fica muito agitada.
Para saber mais sobre "Ratos" acesse about.com
Para ler mais publicações como "Ratos", clique aqui |
Encontre mais publicações como "Ratos" em | Outros Animais

Palavras Tags: , , ,

Banho em Gato

Publicado em 12 dezembro 2012

Em circunstâncias normais, não é necessário dar banho em gato. Gato geralmente sabe cuidar de sua higiene. Passam a maioria do tempo se limpando, usam sua língua farpada e lambem a sujeira e detritos no seu pelo que o mantem limpo e sem odor.

Banho em Gato

Razões pela qual é necessários dar banho em gato.

  • Se tiver algo perigoso ou tóxico no seu pelo
  • Se ele se sujou e tem cocô sobre seu pelo, isso acontece especialmente com gatos que tem o pelo longo.
  • Você é alérgico, e convive com gato banha-lo ajuda a controlar os alérgenos.
  • Algum acidente fez com que seu gato fique sujo ou com mau cheiro.

Não há necessidade de banhos por causa de pulgas. Tratamento com veneno anti-pulga são, mas eficazes. (Procure seu veterinário para a indicação do melhor tratamento).

O que você vai precisar para dar banho no seu gato;

  • Shampoo
  • Esponja
  • Uma toalha
  • Uma jarra

Banho em Gato

 

Encha o tanque de lavar roupa até a metade com água morna (teste a temperatura da água como estivesse dando banho um bebê) em seguida, coloque cuidadosamente seu gato dentro do tanque.

Faça o mais rápido possível para não deixar seu gato estressado e traumatizado, pois quando houver uma segunda vez ele irá estar mais adaptado ou não.

Molhe o seu gato completamente usando a jarra em seguida, aplique o shampoo e esfregue bem com a esponja. A esponja irá remover todos os detritos e sujeiras do pelo.

Em seguida enxágue completamente mais uma vez usando o jarro, tome cuidado para não entrar água nas orelhas e no nariz.

Quando estiver terminado; pegue a toalha e envolva-o no seu corpo para tirar o máximo de água. Se for necessário use um secador no nível mais baixo. E tenha muito cuidado para não queima-lo com o vento quente do secador.

Importante! Banho em Gato só se for absolutamente necessário

Para saber mais sobre "Banho em Gato" acesse catsofaustralia.com 
Para ler mais publicações como "Banho em Gato", clique aqui | , , ,
Encontre mais publicações como "Banho em Gato" em | Saúde | Cuidados

Palavras Tags: , , ,

Porque cães latem

Publicado em 11 dezembro 2012

Porque cães latem e como parar latidos excessivos

Os cães serão sempre cães, e na maioria das vezes latem, choram, uivam é natural. É a forma que o cão se comunica com os seres humanos e se expressam. Ás vezes, queremos que nosso cão late para nos alertar de um possível perigo e nos proteger. No entanto, o latido excessivo de um cão pode ser considerado um problema de comportamento. Porque cães latem, qual é a solução? Bem, seu cão precisa saber a hora de latir e a hora de ficar quieto, e é seu trabalho como dono ensina-lo. Procure um adestrador o quanto antes ou adestre você mesmo seu cão. Com dedicação e consistência, você pode adestrar seu cão a latir e ficar quieto sob comando.

Porque cães latem

Porque cães latem

É importante compreender que cães latem por várias razões. Eles não latem apenas para irritar você ou seu vizinho, ou por despeito ou vingança. Cães não latem porque eles querem, embora possa parecer que sim. Algumas raças de cães latem mais do que outras, existem raças que nascem para latir. Cães da raça como Basenji não latem, embora a raça possa vocalizar sons de outras maneiras. Se você ouvir atentamente seu cão irá aprender diferentes tons de latidos. Compreender a razão pelo qual seu cão late é o primeiro passo para o controle do seu comportamento. Em geral, os cães latem pelas seguintes razões;

Aviso/Alerta

É natural seu cão latir quando algum estranho ou carro passa em frente de casa. Muitos irão latir se sentir algum tipo de ameaça, proclamando: “Eu estou aqui para proteger esse lugar, não mexa comigo” O som de seu latido é geralmente agudo, forte e autoritário. Aperfeiçoar este instinto com treinamento pode ajudar a proteger sua casa e sua família.

Ansiedade

Latidos ansiosos muitas vezes parece ser um ato de auto calmante para muitos cães. Muitas vezes são bem altos acompanhados de um choramingo. Este tipo de latido é comum em cães com ansiedade de separação.

Porque cães latem

Brincadeira/Excitação

Esse tipo de latido é especialmente comum em filhotes e cães jovens. Muitos cães vão latir enquanto brincam com pessoas ou outros cães. O tom do latido tende a soar otimista e musical. Alguns cães latem animadamente quando sabem que estão prestes a ir para uma caminhada ou um passeio de carro.

Busca de atenção

Quando você escutar esse latido, você vai saber exatamente o que isso significa: “Oi! Oi! Olha! Estou aqui!” Alguns cães podem chorar e latir ao mesmo tempo para chamar sua atenção, feito uma criança choramingando.

Tédio

O latido de um cão entediado soa como um cão que late apenas para ouvir sua própria voz. É um latido triste e irritante. Cães entediados muitas vezes latem para liberar o excesso de energia e solidão. Geralmente precisam de uma atividade física e até mesmo de uma companhia.

 Porque cães latem

Respondendo a outros cães

Este é provavelmente um cenário familiar, um cão na rua começa a latir, e os cães do bloco se junta a ele formando uma sinfonia irritante.

Prevenir e parar latidos em excesso

Uma vez determinado a causa dos latidos excessivos de seu cão. Você agora pode começar a controlar seu comportamento. A melhor maneira de evitar latidos excessivos em primeiro lugar é tentar remover todas as potenciais fontes que gera o comportamento.

  • Exercitar seu cão como caminhada e brincadeiras, onde ele possa canalizar suas energias.
  • Evitar deixar seu cão sozinho por um longo período de tempo.
  • Nunca de carinho, conforto ou alimento para seu cão quando ele estiver latindo para chamar atenção ou por ansiedade. Você estará estimulando seu comportamento inadequado.
  • Gritar para seu cão para de latir não é a melhor saída. Ele pode vir a latir mais
  • Evite punições como colares de choque são dolorosos e cruéis.
  • Tente obter a sua atenção com uma palma ou assovio, uma vez que seu cão acalmar redirecione sua atenção para algo produtivo e gratificante como um brinquedo ou um petisco.
  • Não deixe seu cão latir constantemente independentemente do motivo.
  • Consulte seu veterinário ou adestrador, se continuar a enfrentar problemas de latidos.
Para saber sobre "Porque cães latem" acesse about.com
Para ler mais publicações como "Porque cães latem", clique aqui | , , ,
Encontre mais publicações como "Porque cães latem" em | Comportamento

Palavras Tags: , ,

Porquinhos da Índia

Publicado em 09 dezembro 2012

Porquinhos da Índia: Coisas que você deve saber para ter um de estimação

Porquinhos da Índia podem ser animais de estimação adoráveis, mas há algumas coisas que você deve saber antes de adotar um. Da expectativa de vida e pela natureza social dos Porquinhos da Índia  Aqui vão algumas dicas antes de considerar escolher um porquinho da índia como animal de estimação.

Porquinhos da Índia

Um compromisso a longo Prazo

Porquinhos da Índia vivem em média de 5 a 7 anos de vida, ás vezes mais, você precisa estar preparado para prestar cuidados a longo prazo.

Porquinhos da Índia

Pensando em adotar mais de um

São animais muito sociais, e será muito feliz podendo compartilhar sua vida com outro porquinho, mas não se preocupe eles vão criar um vínculo com você também. Mantenha um par do mesmo sexo; fêmeas podem ser mantidas juntas, bem como os machos, embora ás vezes as diferenças individuais dos Porquinhos da Índia não vão bater. Adote os porquinhos quando filhotes é a melhor maneira do par obter um vínculo, embora até mesmo quando adulto pode ser introduzido um novo membro mas com cuidado.

Porquinhos da Índia

Porquinhos da Índia precisam de uma gaiola grande

Porquinhos da Índia precisam de muito espaços, e a maioria das gaiolas comercializadas como gaiola de porquinhos da índia são muito pequenas, especialmente para o par. Veja a possibilidade de mandar fazer uma gaiola especialmente para eles com muito espaço para eles se divertirem.

Porquinhos da Índia

Porquinhos da Índia são geralmente calmos, mas podem assoviar um pouco alto

Fazem um tipo de som bem distinto, parece um assovio, muitas vezes na expectativa de conseguir uma comida favorita ou quando precisam de alguma atenção. Embora, não alto o suficiente para incomodar os vizinhos, mas seu assovio podem as vezes surpreender.

Porquinhos da Índia

Porquinhos da Índia são geralmente fáceis de domesticar

No começo eles podem ficar um pouco assustados ou nevosos por estarem em um ambiente novo, mas depois de alguns dias tornam-se criaturinhas agradáveis. Cuidado ao manusear pois são animaizinhos frágeis.

Porquinhos da Índia

Porquinhos da Índia precisam de vitamina C

São uns dos poucos animais (os seres humanos são outros) que não fabricam a sua própria vitamina C de forma que precisa obter uma adequada dieta a partir da vitamina C. Escolher uma dieta de boa qualidade com uma variedade de alimentos frescos é importante. Algumas pessoas optam por dar suplementos de vitamina C na água.

Porquinhos da Índia

 

Para saber mais sobre “Porquinhos da Índia” acesse about.com

Para ler mais publicações como "Porquinhos da Índia", clique aqui | , ,
Encontre mais publicações como "Porquinhos da Índia" em | Outros Animais

Palavras Tags: , , , ,

Dog Casino

Publicado em 08 dezembro 2012

Dog casino um super jogo para você se distrair e exercitar seu cachorro.

Dog casino, um jogo para seu cachorro desalojar os ossos removíveis e achar as gavetas cheias de guloseimas. Com Dog casino seu cachorro irá procurar por guloseimas escondidas embaixos dos ossos removíveis. Em cada uma das abas, há gavetas onde você pode esconder mais guloseimas. Essas gavetas são bloqueadas pelos ossos aumentando assim a dificuldade de pegar as guloseimas.

Dog Casino

Coloque as guloseimas em todas as gavetas e permita que seu cachorro veja o que você esta fazendo. A primeira vez você pode facilitar para seu cachorro puxando as gavetinhas para que ele possa ver e cheirar as guloseimas. Faça com que ele abra com o nariz ou com as patas as gavetas até retirar as guloseimas.

Uma vez que seu cachorro começar a entender como funciona as gavetas, você pode tornar mais difícil a brincadeira não deixe seu cachorro ver você colocando as guloseimas dentro das gavetas.

Dog Casino

O próximo passo é bloquear algumas das gavetas usando os pinos de ossos na parte superior. Seu cachorro, terá que aprender a retirar os pinos de osso, antes de abrir as gavetas. Uma dica é colocar uma guloseima debaixo do um pino. Uma vez que seu cachorro tenha entendido como os pinos de ossos funciona todas as gavetas podem ser bloqueadas.

Dog Casino

 

Se caso seu cachorro tente morder o jogo ou os pinos de osso, coloque a mão sobre ele e para o jogo. Uma vez que ele se acalmou, permita ele jogar novamente. Caso seu cachorro não para de morder o jogo, ensine ele a jogar com sua patas, se ele pular e querer dar patadas no jogo, ensine ele a jogar com o nariz. Até o momento em que seu cachorro entenderá como brincar.

Dog Casino

Dog Casino é uma ideia para você e seu cachorro passarem um tempo agradável e gratificantes juntos. Melhorar o seu relacionamento com seu cachorro. Você mostra o jogo para seu cachorro, ele ouve e aprende. Quando ele jogar certo não esqueça de agradá-lo com palavras de carinho.

Dog Casino

 

Dog Casino para cachorro de  todos os tamanhos e idades

Para saber mais sobre”Dog Casino” acesse nina-ottosson

Para ler mais publicações como "Dog Casino", clique aqui | , , , ,
Encontre mais publicações como "Dog Casino" em | Shopping

Palavras Tags: , , ,

Adestrar cachorro a olhar para você

Publicado em 07 dezembro 2012

Adestrar cachorro a olhar para você é o comando usado para você ter a atenção do seu cachorro. É um comando útil quando você precisa que seu cachorro foque em você, durante adestramento de obediência. É especialmente útil para a pessoas que trabalham em equipe com os seus cachorros. Como por exemplo; Em campeonato de agilidade ou busca e salvamento de pessoas que o comando “olhar” pode chamar a atenção do seu cachorro, para dar instruções sobre que fazer em seguida. É também usado para trabalhar problemas de comportamento. Ter o foco do seu cachorro em você, você pode desviar a sua atenção das coisas que o fazem ter comportamento agressivos e medrosos.

Adestrar cachorro a olhar para você, veja como ensinar o comando.

Primeiros passos

Adestrar cachorro a olhar para você é super simples de ensinar. Você vai precisar de algumas guloseimas, e seu um aparelhinho usado no adestramento chamado Clicker. Adestra-lo a “olhar” é uma ótima ,maneira de introduzir o seu cachorro para o método Clicker caso seu cachorro não seja familiar com esse método de adestramento. Você deve começar a treina-lo em um lugar tranquilo para que seu cachorro não se distraia muito. Uma vez que tiver o Clicker e as guloseimas nas mãos, diga o nome do cachorro e o comando/palavra “olhar”.

Chamando a atenção do seu cachorro

Para muitos cachorros, ao ouvir seu nome será suficiente para obter a sua atenção. Se o seu cachorro olhar para seu rosto depois de dar o comando, você pode clicar e elogia-lo, e logo em seguida entregar a guloseima.

Adestrar cachorro a olhar para você

Fonte foto wikihow

Alguns cachorros não vão responder imediatamente ao ouvir seu nome emparelhado com o comando “olhar”. Neste caso, depois de dar o comando, leve a guloseima em frente ao nariz do seu cachorro e logo em seguida leve a guloseima em frente ao seu rosto, seu cachorro irá seguir seus movimentos com a guloseima e irá olhar para o seu rosto. Clique e elogie e entregue a guloseima imediatamente

Adestrar cachorro a olhar para você, dentro de poucas sessões você não terá nenhum problema em concentrar a atenção do seu cachorro em você. Continue praticando com seu cachorro, e gradualmente tente trabalhar em ambiente com mais distração. E em pouco tempo você será capaz de chamar a atenção do seu cachorro em qualquer situação.

Para saber mais sobre “Adestrar cachorro a olhar para você” acesse about.com

Para ler mais publicações como "Adestrar cachorro a olhar para você", clique aqui | , , ,
Encontre mais publicações como "Adestrar cachorro a olhar para você" em | Treinamento | Brincadeiras

Palavras Tags: , , ,

Cinomose Canina

Publicado em 06 dezembro 2012

O que é a Cinomose Canina?

Cinomose é uma doença por vírus muito contagiosa que afeta os sistema traco respiratório e traco gastrointestinal, sistema nervoso central e os tecidos da linfoide dos cães. Cinomose pode ser fatal ao seu cão dependendo da intensidade em que o vírus se instalou em seu cão, vai depender também de quão saudável é seu cão. Por exemplo, um cão filhote que ainda não possui o sistema imunológico ainda em desenvolvimento não vai conseguir sobreviver aos primeiros estágios da infecção. Se seu cão sobreviver, o sistema neurológico pode ficar afetado devido a cinomose, sintomas como convulsões poderá ser constante e permanente. 

Filhotes com Cinamose

Foto Fonte: Dog Health Online

Há uma vacina que é indicada 3 doses enquanto o seu cão é um filhote: algo em torno de 6 – 8 semanas, novamente entre 9 a 11 semanas e por último entre 12 a 14 semanas.  E então, seu cão deverá tomar mais 1 vacina após 1 ano e mais 1 vacina a cada 3 anos. Isso na teoria, na prática aqui no Brasil a realidade não é bem assim, poucos sabemos da doença e da necessidade da vacina, além de recomendações no Brasil serem anuais ao invés do indicado acima. Não é uma vacina gratuita como antirrábica, tem que levar no seu veterinário. Não deixe de vacinar o seu cão pelo menos 1 vez ao ano, para evitar o sofrimento dele e de outros ao seu redor. É contra indicado em animais já com a doença.

Quais são os sintomas da Cinomose Canina?

Inicialmente os sintomas da infecção é a redução de apetite, depressão, febre e desidratação. Como o vírus irá impactar o sistema traco respiratório, seu cão irá apresentar irritações nos olhos e sistema nasal. O cão terá dificuldades em respirar e irá tossir como se estivesse escarrando. Seu cão também terá diarreia que pode ser sangue e talvez vômito. Em seguida, o vírus irá atacar seu cão e eventualmente terá convulsões, iniciando com pequenas convulsões e se escalando para convulsões em todo o corpo.

Cinamose Canina

Imagem Fonte: Cornell University

Como é transmitida a Cinomose Canina?

O vírus e espalhado quando o cão entra em contato com outros fluidos, como urina, secreções dos olhos, ficinho escorrendo e secreções originadas de tosse de cães infectados. Após se recuperar, o cão que foi infectado com o vírus normalmente fica sem apresentar o vírus por várias semanas.

Como a Cinomose Canina é diagnosticada?

Seu veterinário irá fazer o diagnóstico normalmente baseando-se nos sintomas e em algumas técnicas enquanto faz testes específicos. Primeiro, o teste de sangue onde o sangue de seu cão será avaliado para descobrir presença de anticorpos ou substâncias que é produzida especificamente quando em resposta a um vírus.

Em todo o caso, o teste ainda não é definitivo para o diagnóstico final. Seu veterinário talvez recolherá amostras de tecido ou células para encontrar o vírus. De qualquer forma, as vezes o vírus se esconde em outros locais do corpo e não apresenta nas amostras recolhidas, então esse teste pode dar falso negativo. Seu veterinário também ira tirar raio-x dos pulmões e procurar por infecções respiratórias que normalmente acompanha a Cinomose. E por final, seu veterinário irá fazer uma série de testes no sangue para encontrar alguma alteração que indique que seu cão tem o vírus e ainda poderá pegar amostras dos fluidos cefalorraquidiano (Espinha) para checar se há presença de anticorpos.

Como a Cinomose Canina pode ser tratada?

Infelizmente, não há tratamento. Ao mesmo tempo, seu veterinário pode focar em dar suporte ao seu cão e tratar os sintomas. Seu cão ficará hospitalizado e isolado de outros cães para reduzir os riscos de espalhar o vírus. Seu cão receberá soro para administrar os fluídos, nutrir e medicar. Possivelmente receberá medicamento anti-diarreia, anti-convulsão e antibióticos para tratar qualquer outra bactéria que venha aproveitar da situação. Para auxiliar no sistema respiratório, uma massagem no peito. Fluidos nos olhos e no focinho é limpado periodicamente.

Como prevenir a Cinomose Canina?

A melhor prevenção é vacinar. É importante buscar essa informação com seu veterinário, já que não é algo tão popular assim no Brasil como em outros países como EUA por exemplo, onde mencionei acima que a rotina de vacina é bem maior do que no Brasil. Se a mãe foi vacinada é possível passar a imunidade para o filhote no período de amamentação.

Cinomose

Imagem Fonte: WSPA

Há uma campanha no Brasil “Cinomose Aqui Não!” uma parceria entre a ONG WSPA BRasil e Merial Saúde Animalque ajuda e prevenir a contrair o vírus cinamose e evitar a doença entre milhares de cães em todo o Brasil e ainda ajuda outras ONGs afiliadas a WSPA BRasil.

 

 

 

Leia mais sobre ” Cinomose Canina” em

fontes: doggehealth.com | WSPA Brasil | Campanha Cinomose | Merial

Para ler mais publicações como "Cinomose Canina", clique aqui | , , ,
Encontre mais publicações como "Cinomose Canina" em | Saúde | Cuidados

Palavras Tags: , , , ,

Adestrar comando de emergência

Publicado em 06 dezembro 2012

É um comando usado para adestrar seu cachorro em uma situação de emergência. Adestrar comando de emergência é muito importante e seguro. Se seu cachorro já sabe o comando “Vem” ele virá na maior parte do tempo que você chama-lo, mas ainda pode recusar a vir. Imagina como é chato você esta atrasado para uma festa e ele se recusa a sair de dentro de casa, há momentos também que é perigoso para ele ignorar seu comando, quando ele está prestes a cruzar em frente de um carro me movimento.

Adestrar comando de emergência

Fonte foto petnecessities

Dicas de como adestrar comando de emergência:

Escolha um comando único

Para adestrar comando de emergência é importante que seja escolhido um comando único que só será usado para está função e nada mais, uma palavra que não é usada normalmente nas conversas. Algo como trava ou recua vai funcionar, ou você pode escolher outra que seja fácil para você lembar.

Guloseimas

Para adestrar comando de emergência, use algumas guloseimas especiais. Aquela comida favorita de seu cachorro adora, como pedacinhos de salsicha, carnes ou pedaços de presunto, ou qualquer outra coisa que ele ama e virá correndo quando sentir o cheiro. Certifique que terá pedaços o suficiente para alimentar seu cachorro por 20 segundos consecutivos.

O Começo

Para a primeira sessão de adestramento, escolha uma área tranquila e pequena. Quando for dar o comando pela primeira vez, fique alguns passos de distância do seu cachorro. Fale o comando”recua”. Certifique de falar em alto bom tom com uma voz segura. Bata os pés, fique alegre e mostre para seu cão as guloseimas, você precisa fazer seu cachorro chegar até você.

A Recompensa

Assim que seu cachorro vir até você depois que falar o comando, elogie ele e de a recompensa que neste caso são as guloseimas. Alimente-o durante 20 segundos, ele irá se sentir como um rei. A ideia é que em situações de emergência, ele não vai encontrar nada ( como outros animais, pessoas, alimentos, etc) mais interessante do que aquelas guloseimas que você está oferecendo.

Deixe-o ir

Depois que ele terminou de comer as guloseimas, deixe o seu cachorro voltar para o que ele estava fazendo antes de você ter aplicado o comando. Isto é muito importante. Uma das razões que muitos cães não vêm quando chamados, é que a palavra “vir” torna-se um sinal de que a sua diversão está prestes a terminar. Por exemplo, quando você chama o seu cachorro para dentro antes de sair para o trabalho, seu cachorro sabe que a brincadeira acabou. Evite deixá-lo fazer esta conexão, permitindo-lhe voltar para o que ele estava fazendo antes de aplicar o comando de emergência. Isto faz com que seja duplamente gratificante, ele recebe as guloseimas e ele volta para sua diversão.

Pratique adestrar comando de emergência

Tente praticar o comando de emergência, pelo menos duas vezes ao dia, no mesmo lugar que foi feito da primeira vez. Uma vez que seu cachorro vir toda a vez que você aplicar o comando, você pode começar a aplicar o comando com um pouco mais de distância e distração. Eventualmente seu cachorro irá aprender a vir até você em qualquer situação. Mesmo depois que seu cachorro tenha aprendido a dominar sua nova habilidade.  Mesmo depois que seu cachorro tenha aprendido o comando, é muito importante que você continue a dar-lhe as guloseimas e muito elogios cada vez que ele executar o comando.

Não use o comando de emergência em situações não emergenciais

É tentador usar o comando de emergência no lugar do comando “vir” como por exemplo você está atrasado para o trabalho abre o portão da garagem e ele resolve dar aquela voltinha no bairro. Resista a tentação! É importante que o comando de emergência seja mantido para verdadeiras emergências.

Para saber mais sobre “Adestrar comando de emergência” acesse fonte about.com 

Para ler mais publicações como "Adestrar comando de emergência", clique aqui | , , , ,
Encontre mais publicações como "Adestrar comando de emergência" em | Treinamento | Brincadeiras

Palavras Tags: , , ,

Comandos básicos adestramento

Publicado em 05 dezembro 2012

Há vários comandos básicos de adestramento que seu cachorro deve saber. Estes comandos básicos podem ajudar você a gerenciar problemas de comportamento comuns em seu cachorro.

Comandos básicos adestramento

Comandos básico adestramento – Emergência

O comando de emergência garante que seu cachorro vai vir correndo quando você  o chamar em qualquer situação. Este comando será usado somente nas situações de emergência; como por exemplo cruzar na frente de um carro em movimento.

Comandos básico adestramento – Olhar

Umas das mais importantes parte de um adestramento do cachorro é ter certeza que sua atenção é voltada sempre para você. Adestrar seu cachorro como olhar, de modo que nada ao lado o distraia, você terá sempre seu cachorro focado em você.

Comandos básico adestramento – Junto

Junto é um comando de adestramento utilizado para manter seu cachorro sempre ao seu lado sem ficar puxando a coleira na hora do passeio. Passear com a ele ao seu lado com a coleira frouxa fica muito mais fácil e divertido o passeio e possibilita a socialização com outras pessoas e animais.

Comandos básico adestramento – Deixar

Deixar é um comando de formação básica para seu cachorro, esse comando será usado por você quando não quer que seu cachorro pegue algo. Você pode impedi-lo de comer algo, como por exemplo seu par de sapato novo.

Comandos básico adestramento – Largar

Treinar seu cachorro a largar significa que ele irá largar qualquer coisa que tenha na boca. Como o comando deixar. O Comando largar pode salva-lo de ingerir alguma coisa venenosa e impedi-lo também mastigar seu par de sapato novo.

Comandos básicos adestramento – Sentar

O comando sentar é geralmente o primeiro comando que seu adestrador irá ensina-lo, parace um comando super simples mas irá desempenhar um papel importante no adestramento de comportamento indesejados. Como por exemplo; um cachorro não pode pular e sentar ao mesmo tempo, treinar seu cachorro a sentar, significa que você começou o trabalho necessário para impedi-lo de pular.

 

Comandos básicos adestramento

 

Comandos básicos adestramento – Deitar

Adestrar seu cachorro a deitar é importante por várias razões. Primeiro, assim como o comando sentar, que inibe certos comportamentos indesejados. Um cachorro não pode saltar e correr se estiver deitado. Adestrando ele a deitar, você criará uma ferramenta básica para gerenciar uma série de problemas de comportamento.

Ensinar seu cachorro a deitar você estará construindo pontes para uma série de outros comportamento. Por exemplo, antes de ensinar seu cachorro a rolar, ele precisa saber como deitar.

Comandos básicos adestramento – Ficar

O comando ficar será útil em várias situações. Você pode manter seu cachorro distante de você como por exemplo; aguardar você do lado de fora da padaria, ou impedi-lo de correr em uma situação de perigo.

Comandos básicos adestramento – Vem

O comando vir pode salvar você de frustrações e situações agravantes. Você pode usar se seu cachorro escapar da coleira, para colocar ele para dentro do quintal, para chamar ele para brincar ou fazer um carinho.

Comando básicos adestramento – Esperar

Quando você dar o comando para seu cachorro esperar, ele não irá mover enquanto você não autoriza-lo.

Para saber mais sobre “Comando básico adestramento” acesse about.com 

Para ler mais publicações como "Comandos básicos adestramento", clique aqui | , , ,
Encontre mais publicações como "Comandos básicos adestramento" em | Treinamento | Brincadeiras

Palavras Tags: , , ,

Adestramento cães adultos

Publicado em 05 dezembro 2012

Adestramento cães adultos é possível? Adestrar meu velho cão novas brincadeiras. Adestramento de cães adultos são mais fáceis do que adestrar filhotes. As dicas a seguir irão ajudá-lo a adestrar seu cão adulto;

Adestramento cães adultos

Adestramento cães adultos – Seja Paciente

Se você ganhou um cão adulto e deseja adestra-lo, primeiramente permita a ele um tempo para se adaptar a nova casa. Um cão adulto tem sua própria história, que pode deixa-lo nevoso sobre seu novo ambiente. Mas não desista do seu cão adulto, talvez ele irá precisar de um período maior de adaptação que pode levar de um dia a um mês. Uma vez que ele percebeu que encontrou sua casa e viverá pra sempre, ele logo se acalmara e fara parte da família. Mas se caso seu cão adulto já faz parte da família a muito tempo seja paciente também.

Adestramento cães adultos – Uma aula de obediência

Seu cão é perfeitamente capaz de aprender coisas novas, mesmo que ele nunca teve um adestramento de obediência no passado, ele vai se beneficiar e aprender comandos básico como; andar sem coleira. A aula de obediência será ótima para trabalhar este comando.

A aula de obediência também será ótima para seu cão se socializar com outros cães e pessoas. Você vai perceber como ele reage com outros cães e pessoas estranhas em um ambiente seguro com seu adestrador.

Adestramento cães adultos – Seja Positivo

Técnicas de recompensas como sua comida ou brinquedo favorito é um método eficaz de adestramento para cães de todas as idades e raças. Seja sempre positivo, e otimista com seu cãozinho em vez de puni-lo, o adestramento também será uma ótima maneira de fortalecer o vínculo entre você e seu cão.

Adestramento cães adultos – Definição de regras e limites

Seu cãozinho tem a mania de pular nas pessoas subir no sofá esses comportamentos também podem ser mudados. Comece a ensina-lo as novas regras de casa agora. Pode dar algum trabalho no início, mas ensinar os comandos básicos para o cão adulto e ir trabalhando na solução de seus problemas de comportamento, é um bom início para a definição de regras e limites.

Para saber mais sobre “Adestramento cães adultos” acesse about.com

 

Para ler mais publicações como "Adestramento cães adultos", clique aqui | , , ,
Encontre mais publicações como "Adestramento cães adultos" em | Treinamento | Brincadeiras

Palavras Tags: , , ,

Rottweiler

Publicado em 05 dezembro 2012

As origens do Rottweiler são desconhecidas, a origem mais próxima do Rottweiler que chegamos é que ele seja provavelmente descendente do Mastiff Italiano. Durante a segunda guerra mundial o Rottweiler era utilizado como cão de rebanho. A raça Rottweiler quase se tornou extinta  em 1800, mas no início do século XX o retorno da raça foi voltando graças ao criadores de Stuttgart na Alemanha. O Rottweiler é usado hoje para uma variedade de coisas, tais como rastreamento, pastoreio, trabalho na policia, trilhas de obediência e como cão de guarda o que ele faz excepcionalmente bem.

Rottweiler

O caráter do Rottweiler

Pode ser um cão muito divertido e amoroso, no entanto, ele é muito poderoso e pode ser agressivo as vezes. Treinamento de obediência e socialização precoce é uma obrigação. Esta raça pode ser muito territorial e protetores de sua família  e do seu ambiente. Podem ser muito intimidadores, mantendo uma reputação errada de um cão feroz, pelo contrário ele se da muito bem no ambiente familiar.

Rottweiler

 

O temperamento do Rottweiler

O temperamento  pode variar, alguns podem ser muito carinhos e brincalhão, enquanto outros podem ser agressivos. É fundamental que esta raça seja socializadas desde filhotes. Rottweilers podem fazer bem para crianças, mas sempre com alguém por perto devido ao seu tamanho e força. Ele pode se adaptar com outro cão, porém, pode se um pouco combativo e agressivo, quando não são devidamente socializados, por ser uma raça muito protetora de sua família e seu território.

Rottweiler

Cuidados com Rottweiler

Tem uma pelagem curta e brilhante que é relativamente fácil de cuidar. Escova-lo eventualmente para remover o excesso de pelos ou pelos mortos irá ajudar a manter seu pelo sempre brilhoso e bonito. Muito banho irá remover os óleos naturais da pelagem, a cada 4 semanas é o ideal. Lavagem a seco também é uma forma legal de mante-lo sempre limpinho e não removem os óleos naturais da pelagem.

Rottweiler

Pelos do Rottweiler

O pelo tem uma revestimento exterior que é curto, reto, denso e de comprimento médio. Outro revestimento de pelo esta presente no pescoço e coxas. O Rottweiler tem um dos pelos mais visíveis de coloração ferrugem negra e brilhante ao longo de suas pernas, barriga e focinho.

Rottweiler

Treinamento do Rottweiler

São muitos ansiosos para aprender e vão se sobressair se a oportunidade for dada. Treinamento de obediência é uma obrigação pois esta raça pode tornar-se destrutiva sem estimulação o suficiente. O dono de um Rottweiler precisa ter a mão  firme e dominante nos treinamentos com esta raça poderosa. O Rottweiler é extremamente inteligente e pratica bem muitos esportes, mas pode ser teimoso, aulas de obediência são recomendadas.

Rottweiler

Atividade do Rottweiler

Deve per no mínimo um quintal grande, eles não são ativos dentro de casa, precisam de exercício ao ar livre, sem guia de preferência. Esta raça adora longas caminhadas e deve fazer pelo menos duas caminhadas por dia, totalizando pelo menos dua horas de exercício por dia.

Rottweiler

Suas Características

Tamanho

*****

Cuidados

*

Exercícios

***

Capacidade

*****

Relacionamento com outras raças

*


Peso Macho 38 a 61 kg
Peso Fêmea 36 a 45 kg
Altura Macho 60 a 68 cm
Altura Fêmea 55 a 63 cm
Cor preto com manchas castanhas

Para saber mais sobre “Rottweiler” acesse fonte  nextdaypets

Para ler mais publicações como "Rottweiler", clique aqui | , , ,
Encontre mais publicações como "Rottweiler" em | Cães, Raças

Palavras Tags: , , ,

Gestação partos em Gatos

Publicado em 04 dezembro 2012

Gestação partos em gatos, momento delicado para rainhas

Gestação partos em gatos, é um momento delicado, os sintomas da gestação pode ser confundidos com sinais de doença. Para o parto do seu gato correr bem aqui vai algumas dicas;

Se a sua gatinha não foi castrada, como geralmente é recomendado, e ela está autorizada a fazer os passeios fora de casa mais cedo ou mais tarde você terá uma família de gatinhos em casa. Os sintomas da gestação podem ser confundidos como sinais de doença, elas podem ter náuseas, mostram alterações de humor, alterações no apetite e, obviamente, inchaço abdominal.

Gestação e partos em gatos

Gestação partos em gatos se tiver alguma dúvida sobre o estado de sua rainha, procure o mais rápido um veterinário, e lembre-se de ser gentil com ela, as primeiras semanas de gravidez são as mais delicadas.

Na gestação parto em gatos as mudanças de humor são devido a alterações hormonais. Ela pode se tornar uma criatura pacífica, doce e fofinha, ou uma criaturinha rude, agressiva e chata. Além disso, ela vai começar a desenvolver seu instinto materno e “praticar” como ser mãe com seus brinquedos e com outros animais de estimação com que divide a casa.

Na gestação parto em gatos as alterações no apetite são diferentes em cada caso, algumas comem vorazmente, outras estarão em estado de anorexia. Consulte seu veterinário a possibilidade de adicionar suplementos de vitaminas e cálcio na sua dieta. Caso observar sintomas de doença ou de apatia durante a gestação, procure o veterinário talvez possa ser um aborto espontâneo ou talvez uma doença, como neste casos infecções uterinas.

Gestação e partos em gatos

Gestação parto em gatos é importante percebemos que esse é um momento especialmente sensível e vulnerável. Devemos evitar, quando possível, fazer movimentos brusco e ruídos e protegê-las de riscos e estresse.

Gestação partos em gatos a duração é de 57 a 62 dias. Na nona semana o nível de atividade de sua gatinha irá diminuir ela vai começar a olhar para um ambiente aconchegante, um lugar tranquilo e isolado para fazer seu ninho. O que podemos fazer é ajuda-la provendo um lugar limpo e aconchegante com toalhas e panos limpos e macios.

Ela irá ficar extraordinariamente inquieta, devido á distensão abdominal, o inchaço não vai permitir que ela fique na mesma posição por muito tempo. Ela miará muito pela casa e andará de um lado pro outro. Isso significa que o momento está próximo. Ela irá encontrar a posição correta, as contrações uterinas vai fazê-la entregar o primeiro gatinho, que pode nascer com ou sem a placenta (cada recém nascido vai ter o sua própria placenta, e não será quebrada durante o parto, a mãe irá rasgar com os dentes a placentas de cada gatinho). É normal a mãe comer a placenta, e isso pode causar uma leve diarréia, mas não há nenhuma razão para se preocupar.

Gestação e partos em gatos

O intervalo entre a primeira e a segunda entrega normalmente é muito curto, mas o terceiro vai levar mais tempo. Sua gatinha vai usar esse tempo para se limpar e limpar seus filhotes. Devemos colocar tigelas de comida e água perto do ninho, pois algumas gatinhas comem e bebem água durante o parto para recompor as energias perdidas.
O trabalho de parto pode durar até 24 horas. Quando terminar as contrações, a gatinha vai ajudar os gatinhos limpando-os corretamente e  colocando-os em um lugar confortável.

Para saber mais sobre “Gestação partos em gatos” acesse thepetsjornal 

Para ler mais publicações como "Gestação partos em Gatos", clique aqui | , , ,
Encontre mais publicações como "Gestação partos em Gatos" em | Comportamento
Super túnel para Gatos

Super túnel para Gatos

Publicado em 04 dezembro 2012

Experimente super túnel para gatos

Super túnel para gatos irá proporcionar horas de diversão e entretenimento para o seu bichano. O super túnel para gatos dará mais emoção as brincadeiras do seu gato ainda mais se ele tiver um amiguinho para brincar junto. Qualquer amante de gato que já tenha deixado um pedaço de papel cair no chão, sabe como seu gatinho adora

Super túnel para gatos

Fonte foto petplanet.co.uk by Cathy

Super túnel para gatos irá ser um sucesso absoluto, se seu gato gosta do barulho de  sacola plástica ela vai amar esse brinquedo. Ele irá pular, subir, rolar, mastigar, esconder e se aventurar com esse novo brinquedo. Mas não se preocupe! as garras afiadas do seu gatinho não irá danificar o produto. É um produto de ótima qualidade, muito fácil de limpar e manusear. Você terá que ter um bom espaço para montar o túnel para seu gatinho brincar, já que ele irá fazer todas as travessura de correr,  pular, entrar e sair do túnel várias vezes.

Super túnel para Gatos

Fonte foto petplanet.co.uk – by Gill

Você pode ter certeza seu gatinho irá passar horas e horas interdito com esse brinquedo, vai esquecer até de comer sua comida favorita. Acabou do seu gato ficar dormindo o dia todo, se tiver um amiguinho então será ótimo vão brincar  juntos de esconde esconde.

Não importa a idade do seu gatinho, o super túnel para gatos é para todas as idades até os gatinho com mais idade irá gostar desse brinquedo. E você irá se divertir muito junto com eles, muitas risadas pode ter certeza.

Super túnel para gatos

Fonte foto amazon.co.uk

O produto é  no formato de Y,  incentiva seu gatinho a brincar, material dobrável, leve, proporcionará horas de brincadeira e distração para seu gatinho.
Tamanho: Cada túnel com 25.5 cm  de diâmetro  e 60 cm de comprimento. O produto vem com apenas uma cor.

Super túnel para gatos

Fonte foto amazon.co.uk

Para saber mais sobre ” Super túnel para gatos” acesse mercado livre ou amazon ou petplanet

 

Para ler mais publicações como "Super túnel para Gatos",
Encontre mais publicações como "Super túnel para Gatos" em | Shopping

Palavras Tags: , , , ,

Parvovirose Canina

Publicado em 04 dezembro 2012

O que é a Parvovirose Canina?

Parvovirose Canina, também conhecida como parvo, é o vírus mais comum infectado em cães. A Parvovirose Canina é encontrada no intestino dos filhotes e também em outros órgãos e em cachorro de todas as idades, sexo e raças. Em alguns casos, o vírus pode atacar o músculo cardíaco e provocar morte súbita. Por razões desconhecida, a parvovirose canina é mais comum entre raças de pelagem castanha ou preta como Pastores Alemães, Doberman, Pinschers e Rottweilers. Mas no entanto o vírus pode afetar qualquer cão.

Existe uma vacina para a prevenção contra a Parvovirose Canina. A vacina e geralmente dada em três dose. A a primeira dose  é aplicada com seis semanas de idade, a segunda dose com nove semanas e a terceira dose com 12 semanas. Dependendo do tipo da vacina utilizada, o seu cão terá que ter um reforço da vacina anual ou a cada três anos.

Parvovirose Canina

Parvovirose Canina

Quais são os sintomas da Parvovirose Canina?

Os sintomas da Parvovirose Canina incluem vômitos, perda de apetite, febre diarreia com sangue, que pode levar á desidratação fatal. O vírus também pode destruir o revestimento interno do intestino do seu cão. A destruição do revestimento intestinal pode permitir que bactérias vazem  para a corrente sanguina do seu cão podendo causar sepse ( envenenamento essencialmente tóxico) de outros órgãos.

Como é transmitida a Parvovirose Canina?

A infecção com o parvovírus geralmente é dado pelo animal que lambe as fezes de outro animal já infectado ou em uma superfície que tenha tido contato com as fezes do cão infectado. Apenas uma lambidinha é o suficiente para seu cachorro se infectar. Estas via de transmissão apresenta dois problema, em primeiro lugar, um cão com parvo geralmente começam a apresentar os sintomas após 7 dias da infecção, mas começara a verter o vírus em sua fezes aproximadamente após 3 dias depois. Em segundo lugar, as células do parvovírus são extremamente resistentes e transmissível. O vírus pode sobreviver em qualquer superfície, dentro de casa ou no ar livre, por meses. Embora o vírus é específico para cães, seres humanos, gatos e outros animais também pode ajudar a  desenvolver esta doença, espalhando através dos sapatos, mãos, roupas, são perfeitos veículos de transmissão de uma área para outra. Parvovirose Canina

É impossível matar os vírus usando produto químico de limpeza. A única maneira de destruir as células é usar na zona contaminada  água sanitária . A proporção recomendada é 1 grama de água sanitária para cada litro de água.

Uma vez ingerido o parvovírus ele entra no corpo do seu cão e irá procura um lugar para se alojar, geralmente ele começara a viver na garganta onde se multiplicará e entrará na corrente sanguínea do seu cachorro antes de se espalhar para o medula óssea e os intestinos. Uma vez na medula óssea do seu cão o vírus irá destruir as células saudáveis do sistema imunológico enfraquecendo seu cão. Uma vez no intestino, o vírus interfere como um componente vital do seu cão chamado de vilosidade. Vilosidades são minúsculos que revestem o interior do intestino e maximiza a capacidade do intestino de absorver nutrientes e fluidos. Em um cão saudável, as vilosidades são constantemente atualizadas com novas células para mante-los saudáveis.

O parvovírus, no entanto, ataca o mecanismo no interior do intestino que permite que as vilosidades produzam novas células. As vilosidades tornam-se incapazes de funcionar adequadamente causando então diarreias, vômitos, desidratação e perca do apetite. Como o vírus continua o ataque no intestino irá destruir o revestimento intestinal permitindo que as bactérias do estômago se espalham pelo corpo infectando outros órgão, incluindo o coração.

O parvovírus acaba sendo fatal porque a diarreia e vômitos causam a perda de nutrientes e líquidos de tal forma que o corpo do seu cãozinho é desligado.

Como a Parvovirose Canina é diagnosticada?

Há um teste específico que identifica anticorpos contra o vírus encontrado nas fezes do seu cão. Embora a avaliação pode ser feita através de uma amostra de fezes secas, um método mais preciso é obtido se o seu veterinário usa fezes ainda no reto do cão.

Como a Parvovirose Canina pode ser tratada?

Não há cura para a parvovirose. O tratamento baseia-se em tratar os sintomas. A maioria dos cães vão ser internados para a reposição de fluídos intravenosos e administração de medicamentos, como antibióticos e proteção estomacal. Alimentação que são de fáceis digestão são importantes durante o período de recuperação.

Como prevenir a Parvovirose Canina?

Um filhote irá receber anticorpos parvovírus da mãe, se a mãe foi vacinada. Os anticorpos permanecerão no filhote durante várias semanas, e irá prevenir a infecção. Em seguida, o veterinário irá aplicar a dose da vacina. A vacina é geralmente dada em três doses. Seu cão deve ser mantido longe de outros cães ou outras possíveis fontes de infecção até 2 semanas após o término da vacinação. A limpeza adequada das superfícies poderá ajudar a combater a propagação do vírus.

Leia mais sobre ” Parvovirose Canina” em fonte: doggehealth.com

 

Para ler mais publicações como "Parvovirose Canina", clique aqui | , , , ,
Encontre mais publicações como "Parvovirose Canina" em | Saúde | Cuidados

Palavras Tags: , , ,

Tabela de vacinas para seu filhote

Publicado em 03 dezembro 2012

Informações sobre Vacina

Seu  filhote precisa definidamente de uma tabela de vacinas. A  tabela de vacinas no primeiro ano de vida do  filhote irá protegê-lo de muitas doença perigosas e irá atuar  no desenvolvimento saudável do sistema imunológico do seu filhote. Veterinários recomendam diferentes esquemas de tabelas de vacinas para seu filhote essas tabelas são de acordo com cada característica e  risco especifico.

Seu veterinário pode ser mais especifico sobre a vacinação precisa com base no seu filhote. Em geral, no entanto, a tabela de vacina para seu filhote no primeiro ano geralmente se assemelha com a tabela abaixo.

Tabela de vacinas para seu filhote

Tabela de vacinas para seu filhote

Tabela de vacinas para seu filhote

Depois do primeiro ano, o animal é vacinado anualmente com uma dose de cada vacina – V8 ou V10, Gripe Canina, Giárdia e Anti-rábica. A melhor maneira de organizar a tabela de vacinas para seu filhote e fazer todas as vacinas em uma mesma data que deve ser repetida anualmente.

É interessante também fazer alguns testes no seu cão depois de adulto que verificam os níveis de imunidade  para determinar exatamente quais vacinas são necessárias. Com exceção da vacina contra raiva, que se deve ser aplicada anualmente.

Importante

Quando levar seu animal para vacinação recomenda-se colocar a coleira ou guia, cachorro que apresentam perigo de ataque deverá estar de focinheira, animais que apresentarem doente consultar o veterinário antes de vacinar.

As prefeitura municipais de todo o Brasil disponibiliza gratuitamente a vacina contra raiva as campanhas são anualmente e geralmente acontecem no mês de agosto. Mas caso você tenha perdido o período de vacinação gratuita consulte na prefeitura da sua cidade para maiores informações sobre postos de vacinação gratuitos em plantão.

Mantenha a tabela de vacina do seu filhote sempre em dia, seu animalzinho de estimação merece todo cuidado.

Para saber mais sobre “Tabela de vacinas para seu filhote” acesse shihtzuforever ou dummies.com

Para ler mais publicações como "Tabela de vacinas para seu filhote", clique aqui | , , ,
Encontre mais publicações como "Tabela de vacinas para seu filhote" em | Saúde | Cuidados

Palavras Tags: , , , ,

Calendário de Vacinação

Publicado em 03 dezembro 2012

Calendário de Vacinação

Calendário de Vacinação

O calendário de vacinação é muito importante. Antes da vacinação iniciar, consulte seu veterinário para  montar um calendário de vacinação do seu filhote. É importante permitir ao novo membro da família um prazo de 7 dias para se estabelecer, antes de iniciar suas vacinas.

Isto irá permitir que todas as doenças  incubadas podem vir a aparecer possibilitando o tratamento e a redução do stress por ter sido removido de perto da mãe. Os animais que sofrem de stress as vezes reduz a proteção do seu  sistema imunológico e a vacina não lhe dará a proteção desejada.

Perguntas e Respostas Sobre Calendário de Vacinação

Por que tenho que vacinar meu animal de estimação?

A Vacinação é uma forma de estimular o sistema imunológico a produzir uma resposta protetora se o seu animal de estimação caso venha a ter alguma doença. Isso permitirá que seu animal fique inume a qualquer doença que ele esteja vacinado. “Lembre-se é muito importante estar sempre com o calendário de vacinação em dia”  Muitas doenças pelo qual seu animal é vacinado não se sabe a cura ainda. Por isso é importante aplicar as vacinas corretamente para proteger seu novo amigo e mante-lo saudável. E não se esqueça reforços anuais fazem parte da prevenção.

Quando meu cachorro precisa tomar sua primeira vacina?

A primeira vacina pode ser tomada na sexta semana. Se são vacinados logo no início a segunda dose deve ser tomada na décima semana. Assim, para uma ótima resposta á vacina, o curso de intervalo entre a primeira dose e a segunda será de 2 a 4 semanas, com a última dose com 10 semanas de idade ou mais. Depois espere mais uma ou duas semanas para levar seu animal de estimação para passear. E não se esqueça de consultar seu calendário de vacinação para reforços anuais.

Quando meu gatinho precisa tomar sua primeira vacina?

Gatinho precisa esperar um pouco mais para ser vacinados, a primeira dose pode ser tomada com 8 semanas, em seguida a segunda dose com 3 a 4 semanas para a segunda dose obter uma cobertura mais eficaz.

Existe alguns efeitos colaterais que tenho que ficar atento?

Uma coisa comum é seu animal de estimação após ter tomado a dose de vacina é ficar um pouco sonolento. Mas isso é devido a vacina que não é uma experiencia fácil para os bichinhos. O que também pode ocorre é uma formação de uma pequena  massa no local da vacina e um pouquinho de dor mas isso passa no período de 24 a 48 horas. Se eles apresentarem sintomas fora disso; como febre, vômito ou alguma coisa incomum, por favor entre em contato com seu veterinário raramente pode haver reações adversas a esse tipo de vacina.

Quais são os tipos de  doenças ?

Cães

Parvo vírus (Parvovirose Canina) é uma doença muito contagiosa que as vezes pode ser fatal ou requer hospitalização e tratamento intenso. Como transfusões de sangue, drogas anti-virais e soroterapia para dar ao seu cachorro uma chance de sobrevivência. Infelizmente, vemos filhote que não são vacinados morrem todos os anos por este vírus devastador. Não deixe de incluir esta vacina no calendário de vacinação de seu filhote.

O vírus ataca as células e se dividem rapidamente nas vísceras causando danos internos no intestino como diarréia líquida de grande volume e hemorrágica. Seu animal rapidamente torna-se desidratado e deprimido, vômitos também são comuns. Não só os filhotes estão susceptíveis ao vírus esta doenças pode afetar qualquer animal a qualquer idade apenas a vacinação pode protegê-los.

Cinomose é uma doença grave e potencialmente fatal causada por um vírus que se aloja em ambiente seco e frio, o vírus é sensível ao calor, luz solar e desinfetantes comuns.  Ela apode ter uma apresentação muito variada e os cães podem ser infectados por toda vida.

Hepatite Contagiosa felizmente, é rara nos dias de hoje, mas ainda existe e é potencialmente fatal também. Os sintomas são muito variáveis e não afeta somente o fígado, podem danificar os rins e causar problemas vasculares também.

Leptospirose é contraída através da urina de ratos e cães, o anima pode ser infectado se as gengivas ou outras membranas mucosas entrar em contato com o vírus. É uma doenças muito comum na época das chuvas. As pessoas também podem ser contaminada e o vírus pode causar danos renais irreversíveis.

Raiva é uma doença evitável viral em mamíferos mais frequentemente transmitida através da mordida de um animal raivoso. É dividida em três estágios, a primeira fase é um período de uns três dias caracterizado por alterações comportamentais, como mudança no pelo e perda de apetite. O segundo período é o estágio excitativo que dura de 3 a 4 dias, esta fase é conhecida como raiva furiosa que o animal pode ficar agressivo podendo atacar qualquer pessoa. O terceiro estágio paralítico causa danos aos neurônios paralisia nos membros traseiros, dificuldade de engolir e salivação excessiva é causada por paralisia dos músculos faciais e garganta. A morte é causada geralmente por parada respiratória.

Gatos

Gripe do Gato é um problema generalizado e possivelmente fatal para os gatinhos jovens, muitos gatos são infectados e se tornam portadores do vírus e sofrem com o sintoma da doença o resto da vida. É transmitida através da tosse, espirros e contato direto. Seu gatinho também pode obter  uma forma bacteriana da gripe do gato que pode ser fatal.

Leucemia Felina é uma das principais causas de morte entre gatos jovens adultos. O vírus é transmitido por contato próximo, de gato para gato ou congenitamente e está presente na saliva. Filhotes também podem ser infectados por suas mães enquanto ainda no ventre e doenças podem se manifestar após anos de infecção. É uma doença muito grave, reduz o sistema imunológico do animal levando a infecções secundárias, tumores e morte.

Panleucopenia é uma doenças com sintomas muito semelhante a Parvovirose Canina e é muito fatal podendo levar seu gatinho a morte.

Calendário de Vacinação

Calendário de Vacinação

 

Quanto ao período de vacinação?

Pelo menos 1 ano sendo que a anti-rábica anualmente, mas se estiver em dúvida e para manter um calendário de vacinas correta para o seu animalzinho consulte seu veterinário.

O que acontece se eu perder o reforço anual?

Isso depende de quanto atrasado você está mas seu veterinário pode recomeçar novamente as sessões de vacina. Geralmente as clínicas veterinária mantem arquivada uma cópia do calendário de vacinação.

E se nunca meu animal de estimação foi vacinado?

Nunca é tarde demais para começar o calendário de vacinação do seu pet,  em caso de dúvida ou se você não tiver os documentos que comprovam as vacinações, e melhor começar tudo de novo.

Para saber mais sobre “Calendário de Vacinação” acesse Saúde Animal

Para ler mais publicações como "Calendário de Vacinação", clique aqui | , , , ,
Encontre mais publicações como "Calendário de Vacinação" em | Saúde | Cuidados

Palavras Tags: , , ,

Lhasa Apso

Publicado em 02 dezembro 2012

Origem do Lhasa Apso

Lhasa Apso se originou no Tibete, e só foram criados pelos homens santos e nobres. A raça foi considerada sagrada pois eles acreditavam que trazia boa sorte. Por essa razão o Lhasa  foi utilizado como sentinela nos mosteiros por mais de 2000 anos. São muito inteligentes, com instinto aguçado e audição aguda.

Lhasa Apso

Lhasa Apso se originou no Tibete, e só foram criados pelos homens santos e nobres. A raça foi considerada sagrada pois eles acreditavam que trazia boa sorte. Por essa razão o Lhasa  foi utilizado como sentinela nos mosteiros por mais de 2000 anos. São muito inteligentes, com instinto aguçado e audição aguda.

Lhasa Apso

Caráter

O Lhasa Apso é uma raça rústica e vigorosa, são cautelosos e desconfiados de estranhos. Exalam um ar de comédia e dignidade. São considerados como uma das raças mais afetuosas com a função principal de um companheiro.

Lhasa Apso

Temperamento

O Lhasa Apso exibe dois tipos de temperamento, são altamente expressivo do seu amor e devoção, mas tem uma mente própria e quer tudo de sua maneira. São espirituosos, animados, espontâneos e alegres. Não são recomendados para famílias com crianças pequenas, ou em casas onde há crianças levadas.
São excelentes cães de guarda por causa de sua audição aguçada, preferem ser o único animal em casa para sempre ter atenção. Não gostam de ser deixados sozinhos por um longo período de tempo. Por esta razão, não são indicado para uma família que passa muito tempo fora de casa. Eles tem a tendência de morder repentinamente caso se irrite com algo.

Lhasa Apso

Cuidados

Deve ser escovado todos os dias para evitar embaraço na cabeleira. Seu pelo, se crescer muito exige cuidados extras. Podem tomar banho regularmente  são muito propensos a infecções de ouvido e problemas oculares, é muito importante estar de olho regularmente. O Lhasa é suscetível a doença de pele por isso muito cuidado com parasitas como carrapatos e pulgas, doença renal é um dos grande problemas de saúde que encontra nesta raça.

Lhasa Apso

Pelo

O Lhasa Apso tem um pelo duplo e muito pesado que envolve seu corpo inteiro. Sua pelagem longa serve como uma barreira de isolamento, mantendo-os quente no inverno e fresco no verão. O Pelo cresce muito chega até o chão e sobre os olhos, que são protegidos por cílios longos. A textura do pelo não é tão macio e nem sedoso. As cores do Lhasa são; preto, branco, marrom, cinza e creme ou colorido.

Lhasa Apso

Treinamento

O Lhasa normalmente exibe uma atitude arrogante e obstinada. Podem ser muito difíceis de serem treinados em casa. Um adestrador seria uma ótima ideia. Exigem comandos firmes, assertivo e consistente, é ira responder ao elogio e recompensa. Se não treinados firmemente  irá assumir o comando e claramente perderá o respeito pelo mestre.

Lhasa Apso

Atividades

O Lhasa Apso gosta de brincar no quintal de casa, que em grande parte atende suas necessidades de exercícios. Muito indisciplinado tome cuidado! Aos passeios ao ar livre, como uma caminhada diária que ajudam nos execícios. Eles não são adequados para uma vida ao ar livre, portanto, um quintal pequeno é o suficiente para ele. é um excelente morador de condomínios e apartamentos.

Lhasa Apso

Suas Características

Tamanho

*

Cuidados

****

Exercícios

*

Capacidade

***

Relacionamento com outras raças

*****


Peso  de 4 a 6 kg
Altura 25 a 28 cm
Cores preto, branco, marrom, cinza e creme ou colorido

Fonte nextdaypets.com
Para ler mais publicações como "Lhasa Apso", clique aqui | , , ,
Encontre mais publicações como "Lhasa Apso" em | Cães, Raças

Palavras Tags: , , ,

Gato Bengal Gato de bengala

Publicado em 02 dezembro 2012

O gato Bengal é um gato doméstico de porte médio grande descendente Asiático (Prionailurus bengalensis) originado da cruza entre Leopardo e Gatos domésticos outro nome para o mesmo é gato de bengala.

Gato Bengal Gato de bengala

Gato Bengal Gato de bengala

Personalidade do Gato de Bengala

Gato Bengal é extremamente inteligente e cria fortes laços com o dono. Adoram interagir com os humanos e é sempre encontrado no centro das atividades de família. O Bengal é muito ativo, adora brincar, correr e pular. São excelentes em escaladas e pulos. Pode as vezes ser malicioso. Gato de Bengala não é o tipo de gato fácil de ignorar. Muitas das vezes demandam atenção, mas sempre lhe manterá entretido com suas travessuras.

Gato Bengal Gato de bengala

Gato Bengal Gato de bengala

 São extremamente afetuoso e muitas vezes descrevem com personalidade semelhante ao de cachorros e ainda são fáceis de serem treinados. Não é difícil de treiná-los a andar na coleira, brincar de pegar ou até mesmo dar a mão, ou melhor diria, a pata.

Muitos Begals gostam de água e adoram brincar nela. As vezes tocam sua água do bebedouro com as patas, brinca em poças de lama ou até seguem seus donos na ducha ou banheira. Begals são divertidos, afetuosos, lindos animais domésticos e ótimos com as crianças.

Gato Bengal Gato de bengala

Gato Bengal Gato de bengala

O gato Gengals são de porte médio e musculosos. Muitos Bengals também possuem a glândula que deixa seu pelo brilhoso, o que os deixam brilhando nos raios de sol. Bengals manteve a aparência do gato selvagem, mas possui o temperamento bem balanceado de um gato doméstico.

Cores do Gato Bengal

Abaixo algumas cores e traços

Gato Bengal Gato de bengala

Gato Bengal Gato de bengala

Pelo marrons semelhante aos de leopardos (onças) com círculos negros ou marrom escuro e um pouco bege, meio bronzeado clareando até a parte traseira.

Manchado (círculos marrom claro ou rosetas com tons de bege ou bronzeado) e cinza escuro.

Marrom comum com pontos negros com as costas um pouco mais claras em 2 ou mais cores.

Lynx inclui olhos azuis semelhantes aos leopardos da neve e médio cinza com as costas claras meio branca.

Cinza com pontos pérolas meio brancos, com pelo prateado ou cinza em desenvolvimento.

Gato Bengal Gato de bengala

Gato Bengal Gato de bengala

 Padrões

Os padrões não acontece na prática na natureza. Padrões teoricamente teriam que seguir uma sistemática nos dois lados do corpo, como as cores de um mármore de vidro.

Os Bengals de cores de mármore também vem com três variações de cores brancas, sépia, martas e Lynx no qual possui olhos bem azuis.

Gato Bengal Gato de bengala

Gato Bengal Gato de bengala

Independente das cores e padrões, todos os gatos bengals (gato de bengala) possui um pelo similar aos ancestrais sem negar a raça bonita Asiática dos antigos Gatos Leopardos.Todos os Bengals, exceto Lynx com pelos brancos tem uma capa negra na cauda e patas. O Lynx se assemelha a um cor de chocolate na cauda um desenhos no focinho e patas.

Para saber mais sobre Gato Bengal Gato de bengala fonte: Cats of Australia

Para ler mais publicações como "Gato Bengal Gato de bengala", clique aqui | , , ,
Encontre mais publicações como "Gato Bengal Gato de bengala" em | Gatos

Palavras Tags: , , ,

População canina no México

Publicado em 01 dezembro 2012

População Canina – Você Sabia, que a polulação canina no México é a maior da América Latina?

População canina no México

Segundo as estatísticas oficiais, existe mais de 22 milhões de cães em todos o pais, e quase metade deles vivem nas ruas. Estes animais são encontrados principalmente na Região Metropolitana, na Cidade do México há 1,2 milhões de cães abandonados, e o número cresce constantemente a cada dia. A esterilização e castração seria uma boa solução, ainda que parcial para este problema.

Segue abaixo 10 países com a maior população canina do mundo.

10 Países com maior população canina do mundo

País

N° de Cães

1° USA61.080.000
2° Brasil30.051.000
3° China22.908.000
4° Japão9.600.000
5° Rússia9.600.000
6° África do Sul9.100.000
7° França8.150.000
8° Itália7.600.000
9° Polônia7.520.000
10° Tailândia6.900.000

1. Estados Unidos com 61.08 Milhões

Os Americanos são os maiores amantes dos cães em todo o planeta, sem dúvida. Somente nos EUA a população canina é superior a 61.08 milhões de cães. Isso equivale a 2/3 da população da filipinas por exemplo, mais cães nos estados unidos do que no estado de São Paulo por exemplo que segundo IBGE em 2011 foram registrados 41,589,892 em todo o estado e Argentina que possui 40,114,096 de pessoas. Se pensar bem é muito cão.

2. Brasil com 30.05 milhões

Agora Brasil, um dos maiores países do globo, está na segunda posição e que possui apenas 50% menos do que os EUA.

3. China com 22.9 Milhões

China fica em terceiro, somente algumas pessoas em proporção em números de pessoas realmente amam os cães, a população que hoje tem por volta de 1,3 Bilhões de pessoas.

4. Japão com 9.6 Milhões

Japão, em constante crescimento e o mais populado em termos geográficos comparados com outros países do globo o que comparado a densidade de população possui maior cães por números de pessoas.

5. Rússia com 9.6 Milhões

Empata com Japão, Rússia é um dos países mais populosos do mundo. Com 9.6 Milhões de cães e com 142.914.136 habitantes. Pouco comparado com outros países por densidade demográfica.

6. África do Sul com 9.1 Milhões

Com 9.1 Milhões de cães, África do Sul fica em 6° posição.

7. França com 8.15 Milhões

As pessoas da França também estão entre os que mais adoram cães com uma população de 8,49 milhões de cães.

8. Itália com 7.6 Milhões

Itália ocupa a 8° posição do ranking. Também tem fama de adorar cães.

9. Polônia com 7.52 Milhões

Na 9° Polônia somente um pouco atrás da Itália.

10. Tailândia com 6.9 Milhões

E por último na lista dos 10 mais países com maior população canina do mundo está Tailândia está em décimo colocado em população canina do mundo.

Saiba mais sobre "População canina no México" abaixo
Fonte: thepetsjournal.com | Wikipedia | Word Atlas | Graphs Net
Para ler mais publicações como "População canina no México", clique aqui | , , ,
Encontre mais publicações como "População canina no México" em | Curiosidades

Palavras Tags: , , ,

Meu Cachorro late muito

Publicado em 01 dezembro 2012

Meu Cachorro Late Muito e Uiva

Se meu cachorro late muito e uiva,  isso não é só um problema seu, mas universal, especialmente para seus vizinhos. Em todo mundo, a cada dia, as pessoas batem na porta e dizem educadamente “ Olá, deve haver algo de errado com seu cachorro de estimação” ou as vezes chegam ao extremo de gritar, deixar bilhetes e até chamar a policia. Como lidar com esta questão de um ponto de vista jurídico?

Meu Cachorro Late Muito

 Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS) o barulho do latido ou uivo podem causar muitos problemas de saúde, especialmente em crianças, pessoas com doenças cronicas e idosos. O nível de barulho aceitável  se seguirmos as orientações da OMS, menos que 30 decibéis. E os Órgãos Públicos  locais são responsáveis pela aplicação da limitação, e para medir e controlar a intensidade dos sons.

Em Zaragoza (Espanha), há uma lei que estabelece que, para ser autorizado a manter um cão, o proprietário deve garantir que os vizinhos não serão perturbados pelo animal. Se existirem queixas, a policia vai visitar as instalações e verificar, com o medidor de nível de som o mesmo que é usados em boates, o ruído não pode passar de 45 decibéis durante o dia e 27 á noite. E se isso acontecer, os infratores terão de enfrentar muitas entre 750 a 1,500 euros.

Em Los Angeles (Estados Unidos), ter um cão que late continuamente ou por um longo período de tempo é considerado, uma perturbação pública. Um delito, que pode ser punido com multas de até 1,000 dólares ou seis meses de prisão. Em Nova York, a lei diz que não é permitido latir  “injustificadamente”, o que, traduzindo para números, significa lapsos de mais de dez minutos durante o dia, ou a noite mais de cinco minutos entre 10:00 da noite a 7:00 da manhã do dia seguinte.

 No Brasil a lei é um pouco semelhante aos Estados Unidos, onde uivos e latidos são vistos como ameaças ao direito do cidadão á calma e paz, os proprietário podem ser multados ou presos podendo pegar de 15 dias a 3 meses de prisão.

Na Austrália, as autoridades locais sugerem que proprietários de cachorros que latem muito e seus vizinhos incomodados devem resolver o assunto em  Centros de Justiça Comunitários. Estes centros são financiados pelo governo é um lugar onde eles podem chegar a um comum acordo sem precisar ser resolvido em tribunais de justiças. De qualquer forma esse sistema não funciona, a lei contempla multas de até 880 dólares para a primeira infração e 1,650 dólares para a segunda e assim consequentemente.

Quando o cão late muito, provavelmente a alguma coisa errada. É importante ter certeza de que eles são saudáveis e estão sendo bem cuidados. Como proprietário de um animal de estimação, é seu dever treinar seus animais, cuidar deles e fazê-los felizes, a paciência dos vizinhos não deverem ser posta á prova mais de uma ou duas vezes.

Leia mais sobre “Meu Cachorro late muito” em fonte: thepetsjornal.com

Para ler mais publicações como "Meu Cachorro late muito", clique aqui | , , ,
Encontre mais publicações como "Meu Cachorro late muito" em | Comportamento

Receba Novidades

Seu e-mail aqui!

Junte-se a 53 outros assinantes

%d blogueiros gostam disto: