Arquivo | março, 2018

Plano de Saúde Aninal

Planos de Saúde Animal: O Mercado na Contramão da Crise Econômica

Publicado em 08 março 2018

Plano de Saúde Aninal

50 milhões de cães e 22 milhões de gatos de estimação é o número levantado em 2016 pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Estatísticas como esta ajudam a entender o crescente sucesso do mercado pet no país. O faturamento de 19,2 bilhões de reais em 2017, comprova o aumento que vem acontecendo nesse nicho de mercado.

Mesmo na crise, o setor resistiu e hoje vem gerando muitos negócios para empresários.

Que é o caso dos empresários e irmãos Rodrigo e GG Sampaio que em 2015 assumiu a Petsaúde que existe desde 2010 atuando no mercado de plano de saúde animal e em 2017 entrou na estratégia de Marketing Multinivel e vem crescendo sem parar!

Mas, o que faz essa área se destacar tanto num período em que as pessoas estão cortando gastos? A reposta é simples: o comportamento dos donos de animais mudou.

Nos últimos anos, os animais de estimação passaram para dentro das casas e ganharam o status de membros da família.

“Como sobem no sofá, dormem no quarto e dividem o ambiente com as crianças, eles passaram a ser mais bem cuidados por seus donos. A atitude, que antes era curativa, se tornou preventiva”, diz Gustavo Moraes, diretor de negócios da unidade pet da MSD Saúde Animal, que em 2016 faturou 576 milhões de reais no Brasil.

Na contramão da crise econômica

De acordo com uma pesquisa feita pela ABINPET (Associação Brasileira de Produtos para Animais de Estimação), o custo médio por mês para manter um cachorro adulto é de R$239,97, enquanto gatos adultos gira em torno de R$110,05. As estimativas consideram os gastos básicos necessários, como ração, vermífugo, vacina, controle de pulgas, veterinário e banho e tosa.

Mas, o assunto passa a ficar mais caro quando o animal fica doente. Em estudos que fizemos, clínicas particulares cobram em torno de R$130 para uma consulta com veterinário.

Um exame de ultrassom já vamos para uma média de R$140. Vacinas giram em torno de R$ 60. E quando o assunto é cirurgias ai o prejuizo é grande: os preços podem variar de R$1.000 a R$5.000 reais.

É devido a esse alto preço cobrado pelas clínicas veterinárias que o serviços de planos de saúde animal crescem cada vez mais no Brasil. Contrariando a crise econômica nos últimos 3 anos.

Redes de Franquias Crescendo

Empresas estrangeiras já estão de olho no crescimento deste mercado no Brasil, como por exemplo a US Franshising que tá responsável pela formatação e comercialização das franquias Pet Mais Vida.

A empresa vem apostando em 2 braços para o sucesso da nova franquia: o crescimento do mercado pet e a facilidade de estruturar o negócio sem ter um ponto comercial. “O franqueado pode trabalhar em sua casa, não terá o custo de aluguel e outras despesas operacionais, basta ter uma linha telefônica disponível”.

Segundo a empresa, o franqueado receberá 100% da adesão inicial e 10% de comissão pela carteira gerada.

E você? Qual parte mais interessou? Entrar no mercado para ganhar dinheiro? Ou contratar um plano de saúde para seu animal?

Ambas valem a pena! Comenta pra gente o que achou da matéria.

Até a próxima!

 


Para ler mais publicações como "Planos de Saúde Animal: O Mercado na Contramão da Crise Econômica",
Encontre mais publicações como "Planos de Saúde Animal: O Mercado na Contramão da Crise Econômica" em | Saúde | Cuidados

Receba Novidades

Seu e-mail aqui!

Junte-se a 53 outros assinantes

%d blogueiros gostam disto: