Arquivo de Tags | "cachorro"

Tags: , ,

Crianças, Cachorro e Responsabilidade

Publicado em 20 agosto 2013

As crianças vem pedindo um cachorro já faz um tempo. Agora que o caçula entrou na escola, passa pela cabeça que pode ser o momento certo, mas fica preocupado(a) se irá dar mais trabalho do que já tem com a criançada mais os deveres domésticos de casa.

Quando as crianças começam a entender um pouco mais, por volta dos 7 a 9 anos, eu diria que a idade bacana para obter ajuda e cuidar do membro canino da família, mas é importante lembrar que a responsabilidade principal pelo animal é do adulto. Tenha certeza que queira ter um cão antes de mais nada, e que irá se comprometer com a saúde e bem estar do cão que irá retribuir para toda família sua lealdade faça chuva faça sol.

Alimentar o cachorro pode ser uma tarefa divertida. O adulto precisa definir a quantidade e horários para a alimentação do cão. No pacote de cada tipo de ração e de acordo com o tamanho e raça do cão há medidas para essa tarefa, só precisa programar de acordo com os horários em que for mais convenientes sem passar da sugestão de acordo com o perfil que mencionei acima. Se não for firme com relação a isso as crianças poderão inocentemente dar mais do que o necessário para o cão, que não é somente, não saudável como pode levar a atrapalhar em qualquer adestramento que tente fazer, por mais simples que seja. Ninguém deseja isso, claro.

Ensine o seu cão a sentar e aguardar enquanto as crianças colocam a comida na vasilha. No início talvez precise segurar na coleira do cachorro para ter certeza que não irá voar de entusiasmo na travessa de comida, mas pode ter certeza que o cão irá aprender que enquanto não ficar quieto aguardando a criança não irá colocar a vasilha no chão. Isso é uma ótima oportunidade para utilizar como uma forma de demonstração de senso de premiação, irá se comportar para receber o prêmio, isso também irá ensinar a criança que é necessário fazer o que pedir para ser feito, ambos aprendem e respeitam o adulto, bônus.

Se o cão adora ser penteado/escovado, dê esse trabalho as crianças. Podem então colectar os pelos do cão colocando no lixo ou em arbustos no quintal para que pássaros possam usar para fazer seu ninho. As crianças adoram tanto a tarefa de dar o pelo aos pássaros quanto escovar o cão. Jamais peça ou permita as crianças cortarem as unhas do cão, a maioria dos cães são bem sensíveis nas unhas, é preciso ajuda de um especialista ou de um adulto por conter vasos sanguíneos na unha e portanto saber o quanto pode cortar.

Levar o cão para passear e caminhar é a melhor de todas as tarefas tanto para os cães que adoram fazer uma caminhada quanto a atividade para as crianças e toda a família. Não se esqueça de acompanhar principalmente se forem crianças menores que 12 anos devido a surpresas como a aproximação de gatos, estranhos ou qualquer outra coisa que possa fazer o cão ficar excitado ou com medo.

Os cães podem favorecer grandes momentos de alegria para toda a família, mas é importante pensar bem antes de tê-los, cães não são somente um presente de aniversário, é para a vida toda.

Assinar blog por e-mail

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

Tags: , , ,

Adestrar cachorro a olhar para você

Publicado em 07 dezembro 2012

Adestrar cachorro a olhar para você é o comando usado para você ter a atenção do seu cachorro. É um comando útil quando você precisa que seu cachorro foque em você, durante adestramento de obediência. É especialmente útil para a pessoas que trabalham em equipe com os seus cachorros. Como por exemplo; Em campeonato de agilidade ou busca e salvamento de pessoas que o comando “olhar” pode chamar a atenção do seu cachorro, para dar instruções sobre que fazer em seguida. É também usado para trabalhar problemas de comportamento. Ter o foco do seu cachorro em você, você pode desviar a sua atenção das coisas que o fazem ter comportamento agressivos e medrosos.

Adestrar cachorro a olhar para você, veja como ensinar o comando.

Primeiros passos

Adestrar cachorro a olhar para você é super simples de ensinar. Você vai precisar de algumas guloseimas, e seu um aparelhinho usado no adestramento chamado Clicker. Adestra-lo a “olhar” é uma ótima ,maneira de introduzir o seu cachorro para o método Clicker caso seu cachorro não seja familiar com esse método de adestramento. Você deve começar a treina-lo em um lugar tranquilo para que seu cachorro não se distraia muito. Uma vez que tiver o Clicker e as guloseimas nas mãos, diga o nome do cachorro e o comando/palavra “olhar”.

Chamando a atenção do seu cachorro

Para muitos cachorros, ao ouvir seu nome será suficiente para obter a sua atenção. Se o seu cachorro olhar para seu rosto depois de dar o comando, você pode clicar e elogia-lo, e logo em seguida entregar a guloseima.

Adestrar cachorro a olhar para você

Fonte foto wikihow

Alguns cachorros não vão responder imediatamente ao ouvir seu nome emparelhado com o comando “olhar”. Neste caso, depois de dar o comando, leve a guloseima em frente ao nariz do seu cachorro e logo em seguida leve a guloseima em frente ao seu rosto, seu cachorro irá seguir seus movimentos com a guloseima e irá olhar para o seu rosto. Clique e elogie e entregue a guloseima imediatamente

Adestrar cachorro a olhar para você, dentro de poucas sessões você não terá nenhum problema em concentrar a atenção do seu cachorro em você. Continue praticando com seu cachorro, e gradualmente tente trabalhar em ambiente com mais distração. E em pouco tempo você será capaz de chamar a atenção do seu cachorro em qualquer situação.

Para saber mais sobre “Adestrar cachorro a olhar para você” acesse about.com

Tags: , , , ,

Adestrar comando de emergência

Publicado em 06 dezembro 2012

É um comando usado para adestrar seu cachorro em uma situação de emergência. Adestrar comando de emergência é muito importante e seguro. Se seu cachorro já sabe o comando “Vem” ele virá na maior parte do tempo que você chama-lo, mas ainda pode recusar a vir. Imagina como é chato você esta atrasado para uma festa e ele se recusa a sair de dentro de casa, há momentos também que é perigoso para ele ignorar seu comando, quando ele está prestes a cruzar em frente de um carro me movimento.

Adestrar comando de emergência

Fonte foto petnecessities

Dicas de como adestrar comando de emergência:

Escolha um comando único

Para adestrar comando de emergência é importante que seja escolhido um comando único que só será usado para está função e nada mais, uma palavra que não é usada normalmente nas conversas. Algo como trava ou recua vai funcionar, ou você pode escolher outra que seja fácil para você lembar.

Guloseimas

Para adestrar comando de emergência, use algumas guloseimas especiais. Aquela comida favorita de seu cachorro adora, como pedacinhos de salsicha, carnes ou pedaços de presunto, ou qualquer outra coisa que ele ama e virá correndo quando sentir o cheiro. Certifique que terá pedaços o suficiente para alimentar seu cachorro por 20 segundos consecutivos.

O Começo

Para a primeira sessão de adestramento, escolha uma área tranquila e pequena. Quando for dar o comando pela primeira vez, fique alguns passos de distância do seu cachorro. Fale o comando”recua”. Certifique de falar em alto bom tom com uma voz segura. Bata os pés, fique alegre e mostre para seu cão as guloseimas, você precisa fazer seu cachorro chegar até você.

A Recompensa

Assim que seu cachorro vir até você depois que falar o comando, elogie ele e de a recompensa que neste caso são as guloseimas. Alimente-o durante 20 segundos, ele irá se sentir como um rei. A ideia é que em situações de emergência, ele não vai encontrar nada ( como outros animais, pessoas, alimentos, etc) mais interessante do que aquelas guloseimas que você está oferecendo.

Deixe-o ir

Depois que ele terminou de comer as guloseimas, deixe o seu cachorro voltar para o que ele estava fazendo antes de você ter aplicado o comando. Isto é muito importante. Uma das razões que muitos cães não vêm quando chamados, é que a palavra “vir” torna-se um sinal de que a sua diversão está prestes a terminar. Por exemplo, quando você chama o seu cachorro para dentro antes de sair para o trabalho, seu cachorro sabe que a brincadeira acabou. Evite deixá-lo fazer esta conexão, permitindo-lhe voltar para o que ele estava fazendo antes de aplicar o comando de emergência. Isto faz com que seja duplamente gratificante, ele recebe as guloseimas e ele volta para sua diversão.

Pratique adestrar comando de emergência

Tente praticar o comando de emergência, pelo menos duas vezes ao dia, no mesmo lugar que foi feito da primeira vez. Uma vez que seu cachorro vir toda a vez que você aplicar o comando, você pode começar a aplicar o comando com um pouco mais de distância e distração. Eventualmente seu cachorro irá aprender a vir até você em qualquer situação. Mesmo depois que seu cachorro tenha aprendido a dominar sua nova habilidade.  Mesmo depois que seu cachorro tenha aprendido o comando, é muito importante que você continue a dar-lhe as guloseimas e muito elogios cada vez que ele executar o comando.

Não use o comando de emergência em situações não emergenciais

É tentador usar o comando de emergência no lugar do comando “vir” como por exemplo você está atrasado para o trabalho abre o portão da garagem e ele resolve dar aquela voltinha no bairro. Resista a tentação! É importante que o comando de emergência seja mantido para verdadeiras emergências.

Para saber mais sobre “Adestrar comando de emergência” acesse fonte about.com 

Tags: , , ,

Comandos básicos adestramento

Publicado em 05 dezembro 2012

Há vários comandos básicos de adestramento que seu cachorro deve saber. Estes comandos básicos podem ajudar você a gerenciar problemas de comportamento comuns em seu cachorro.

Comandos básicos adestramento

Comandos básico adestramento – Emergência

O comando de emergência garante que seu cachorro vai vir correndo quando você  o chamar em qualquer situação. Este comando será usado somente nas situações de emergência; como por exemplo cruzar na frente de um carro em movimento.

Comandos básico adestramento – Olhar

Umas das mais importantes parte de um adestramento do cachorro é ter certeza que sua atenção é voltada sempre para você. Adestrar seu cachorro como olhar, de modo que nada ao lado o distraia, você terá sempre seu cachorro focado em você.

Comandos básico adestramento – Junto

Junto é um comando de adestramento utilizado para manter seu cachorro sempre ao seu lado sem ficar puxando a coleira na hora do passeio. Passear com a ele ao seu lado com a coleira frouxa fica muito mais fácil e divertido o passeio e possibilita a socialização com outras pessoas e animais.

Comandos básico adestramento – Deixar

Deixar é um comando de formação básica para seu cachorro, esse comando será usado por você quando não quer que seu cachorro pegue algo. Você pode impedi-lo de comer algo, como por exemplo seu par de sapato novo.

Comandos básico adestramento – Largar

Treinar seu cachorro a largar significa que ele irá largar qualquer coisa que tenha na boca. Como o comando deixar. O Comando largar pode salva-lo de ingerir alguma coisa venenosa e impedi-lo também mastigar seu par de sapato novo.

Comandos básicos adestramento – Sentar

O comando sentar é geralmente o primeiro comando que seu adestrador irá ensina-lo, parace um comando super simples mas irá desempenhar um papel importante no adestramento de comportamento indesejados. Como por exemplo; um cachorro não pode pular e sentar ao mesmo tempo, treinar seu cachorro a sentar, significa que você começou o trabalho necessário para impedi-lo de pular.

 

Comandos básicos adestramento

 

Comandos básicos adestramento – Deitar

Adestrar seu cachorro a deitar é importante por várias razões. Primeiro, assim como o comando sentar, que inibe certos comportamentos indesejados. Um cachorro não pode saltar e correr se estiver deitado. Adestrando ele a deitar, você criará uma ferramenta básica para gerenciar uma série de problemas de comportamento.

Ensinar seu cachorro a deitar você estará construindo pontes para uma série de outros comportamento. Por exemplo, antes de ensinar seu cachorro a rolar, ele precisa saber como deitar.

Comandos básicos adestramento – Ficar

O comando ficar será útil em várias situações. Você pode manter seu cachorro distante de você como por exemplo; aguardar você do lado de fora da padaria, ou impedi-lo de correr em uma situação de perigo.

Comandos básicos adestramento – Vem

O comando vir pode salvar você de frustrações e situações agravantes. Você pode usar se seu cachorro escapar da coleira, para colocar ele para dentro do quintal, para chamar ele para brincar ou fazer um carinho.

Comando básicos adestramento – Esperar

Quando você dar o comando para seu cachorro esperar, ele não irá mover enquanto você não autoriza-lo.

Para saber mais sobre “Comando básico adestramento” acesse about.com 

Tags: , , , ,

Calendário de Vacinação

Publicado em 03 dezembro 2012

Calendário de Vacinação

Calendário de Vacinação

O calendário de vacinação é muito importante. Antes da vacinação iniciar, consulte seu veterinário para  montar um calendário de vacinação do seu filhote. É importante permitir ao novo membro da família um prazo de 7 dias para se estabelecer, antes de iniciar suas vacinas.

Isto irá permitir que todas as doenças  incubadas podem vir a aparecer possibilitando o tratamento e a redução do stress por ter sido removido de perto da mãe. Os animais que sofrem de stress as vezes reduz a proteção do seu  sistema imunológico e a vacina não lhe dará a proteção desejada.

Perguntas e Respostas Sobre Calendário de Vacinação

Por que tenho que vacinar meu animal de estimação?

A Vacinação é uma forma de estimular o sistema imunológico a produzir uma resposta protetora se o seu animal de estimação caso venha a ter alguma doença. Isso permitirá que seu animal fique inume a qualquer doença que ele esteja vacinado. “Lembre-se é muito importante estar sempre com o calendário de vacinação em dia”  Muitas doenças pelo qual seu animal é vacinado não se sabe a cura ainda. Por isso é importante aplicar as vacinas corretamente para proteger seu novo amigo e mante-lo saudável. E não se esqueça reforços anuais fazem parte da prevenção.

Quando meu cachorro precisa tomar sua primeira vacina?

A primeira vacina pode ser tomada na sexta semana. Se são vacinados logo no início a segunda dose deve ser tomada na décima semana. Assim, para uma ótima resposta á vacina, o curso de intervalo entre a primeira dose e a segunda será de 2 a 4 semanas, com a última dose com 10 semanas de idade ou mais. Depois espere mais uma ou duas semanas para levar seu animal de estimação para passear. E não se esqueça de consultar seu calendário de vacinação para reforços anuais.

Quando meu gatinho precisa tomar sua primeira vacina?

Gatinho precisa esperar um pouco mais para ser vacinados, a primeira dose pode ser tomada com 8 semanas, em seguida a segunda dose com 3 a 4 semanas para a segunda dose obter uma cobertura mais eficaz.

Existe alguns efeitos colaterais que tenho que ficar atento?

Uma coisa comum é seu animal de estimação após ter tomado a dose de vacina é ficar um pouco sonolento. Mas isso é devido a vacina que não é uma experiencia fácil para os bichinhos. O que também pode ocorre é uma formação de uma pequena  massa no local da vacina e um pouquinho de dor mas isso passa no período de 24 a 48 horas. Se eles apresentarem sintomas fora disso; como febre, vômito ou alguma coisa incomum, por favor entre em contato com seu veterinário raramente pode haver reações adversas a esse tipo de vacina.

Quais são os tipos de  doenças ?

Cães

Parvo vírus (Parvovirose Canina) é uma doença muito contagiosa que as vezes pode ser fatal ou requer hospitalização e tratamento intenso. Como transfusões de sangue, drogas anti-virais e soroterapia para dar ao seu cachorro uma chance de sobrevivência. Infelizmente, vemos filhote que não são vacinados morrem todos os anos por este vírus devastador. Não deixe de incluir esta vacina no calendário de vacinação de seu filhote.

O vírus ataca as células e se dividem rapidamente nas vísceras causando danos internos no intestino como diarréia líquida de grande volume e hemorrágica. Seu animal rapidamente torna-se desidratado e deprimido, vômitos também são comuns. Não só os filhotes estão susceptíveis ao vírus esta doenças pode afetar qualquer animal a qualquer idade apenas a vacinação pode protegê-los.

Cinomose é uma doença grave e potencialmente fatal causada por um vírus que se aloja em ambiente seco e frio, o vírus é sensível ao calor, luz solar e desinfetantes comuns.  Ela apode ter uma apresentação muito variada e os cães podem ser infectados por toda vida.

Hepatite Contagiosa felizmente, é rara nos dias de hoje, mas ainda existe e é potencialmente fatal também. Os sintomas são muito variáveis e não afeta somente o fígado, podem danificar os rins e causar problemas vasculares também.

Leptospirose é contraída através da urina de ratos e cães, o anima pode ser infectado se as gengivas ou outras membranas mucosas entrar em contato com o vírus. É uma doenças muito comum na época das chuvas. As pessoas também podem ser contaminada e o vírus pode causar danos renais irreversíveis.

Raiva é uma doença evitável viral em mamíferos mais frequentemente transmitida através da mordida de um animal raivoso. É dividida em três estágios, a primeira fase é um período de uns três dias caracterizado por alterações comportamentais, como mudança no pelo e perda de apetite. O segundo período é o estágio excitativo que dura de 3 a 4 dias, esta fase é conhecida como raiva furiosa que o animal pode ficar agressivo podendo atacar qualquer pessoa. O terceiro estágio paralítico causa danos aos neurônios paralisia nos membros traseiros, dificuldade de engolir e salivação excessiva é causada por paralisia dos músculos faciais e garganta. A morte é causada geralmente por parada respiratória.

Gatos

Gripe do Gato é um problema generalizado e possivelmente fatal para os gatinhos jovens, muitos gatos são infectados e se tornam portadores do vírus e sofrem com o sintoma da doença o resto da vida. É transmitida através da tosse, espirros e contato direto. Seu gatinho também pode obter  uma forma bacteriana da gripe do gato que pode ser fatal.

Leucemia Felina é uma das principais causas de morte entre gatos jovens adultos. O vírus é transmitido por contato próximo, de gato para gato ou congenitamente e está presente na saliva. Filhotes também podem ser infectados por suas mães enquanto ainda no ventre e doenças podem se manifestar após anos de infecção. É uma doença muito grave, reduz o sistema imunológico do animal levando a infecções secundárias, tumores e morte.

Panleucopenia é uma doenças com sintomas muito semelhante a Parvovirose Canina e é muito fatal podendo levar seu gatinho a morte.

Calendário de Vacinação

Calendário de Vacinação

 

Quanto ao período de vacinação?

Pelo menos 1 ano sendo que a anti-rábica anualmente, mas se estiver em dúvida e para manter um calendário de vacinas correta para o seu animalzinho consulte seu veterinário.

O que acontece se eu perder o reforço anual?

Isso depende de quanto atrasado você está mas seu veterinário pode recomeçar novamente as sessões de vacina. Geralmente as clínicas veterinária mantem arquivada uma cópia do calendário de vacinação.

E se nunca meu animal de estimação foi vacinado?

Nunca é tarde demais para começar o calendário de vacinação do seu pet,  em caso de dúvida ou se você não tiver os documentos que comprovam as vacinações, e melhor começar tudo de novo.

Para saber mais sobre “Calendário de Vacinação” acesse Saúde Animal

Tags: , , ,

Lhasa Apso

Publicado em 02 dezembro 2012

Origem do Lhasa Apso

Lhasa Apso se originou no Tibete, e só foram criados pelos homens santos e nobres. A raça foi considerada sagrada pois eles acreditavam que trazia boa sorte. Por essa razão o Lhasa  foi utilizado como sentinela nos mosteiros por mais de 2000 anos. São muito inteligentes, com instinto aguçado e audição aguda.

Lhasa Apso

Lhasa Apso se originou no Tibete, e só foram criados pelos homens santos e nobres. A raça foi considerada sagrada pois eles acreditavam que trazia boa sorte. Por essa razão o Lhasa  foi utilizado como sentinela nos mosteiros por mais de 2000 anos. São muito inteligentes, com instinto aguçado e audição aguda.

Lhasa Apso

Caráter

O Lhasa Apso é uma raça rústica e vigorosa, são cautelosos e desconfiados de estranhos. Exalam um ar de comédia e dignidade. São considerados como uma das raças mais afetuosas com a função principal de um companheiro.

Lhasa Apso

Temperamento

O Lhasa Apso exibe dois tipos de temperamento, são altamente expressivo do seu amor e devoção, mas tem uma mente própria e quer tudo de sua maneira. São espirituosos, animados, espontâneos e alegres. Não são recomendados para famílias com crianças pequenas, ou em casas onde há crianças levadas.
São excelentes cães de guarda por causa de sua audição aguçada, preferem ser o único animal em casa para sempre ter atenção. Não gostam de ser deixados sozinhos por um longo período de tempo. Por esta razão, não são indicado para uma família que passa muito tempo fora de casa. Eles tem a tendência de morder repentinamente caso se irrite com algo.

Lhasa Apso

Cuidados

Deve ser escovado todos os dias para evitar embaraço na cabeleira. Seu pelo, se crescer muito exige cuidados extras. Podem tomar banho regularmente  são muito propensos a infecções de ouvido e problemas oculares, é muito importante estar de olho regularmente. O Lhasa é suscetível a doença de pele por isso muito cuidado com parasitas como carrapatos e pulgas, doença renal é um dos grande problemas de saúde que encontra nesta raça.

Lhasa Apso

Pelo

O Lhasa Apso tem um pelo duplo e muito pesado que envolve seu corpo inteiro. Sua pelagem longa serve como uma barreira de isolamento, mantendo-os quente no inverno e fresco no verão. O Pelo cresce muito chega até o chão e sobre os olhos, que são protegidos por cílios longos. A textura do pelo não é tão macio e nem sedoso. As cores do Lhasa são; preto, branco, marrom, cinza e creme ou colorido.

Lhasa Apso

Treinamento

O Lhasa normalmente exibe uma atitude arrogante e obstinada. Podem ser muito difíceis de serem treinados em casa. Um adestrador seria uma ótima ideia. Exigem comandos firmes, assertivo e consistente, é ira responder ao elogio e recompensa. Se não treinados firmemente  irá assumir o comando e claramente perderá o respeito pelo mestre.

Lhasa Apso

Atividades

O Lhasa Apso gosta de brincar no quintal de casa, que em grande parte atende suas necessidades de exercícios. Muito indisciplinado tome cuidado! Aos passeios ao ar livre, como uma caminhada diária que ajudam nos execícios. Eles não são adequados para uma vida ao ar livre, portanto, um quintal pequeno é o suficiente para ele. é um excelente morador de condomínios e apartamentos.

Lhasa Apso

Suas Características

Tamanho

*

Cuidados

****

Exercícios

*

Capacidade

***

Relacionamento com outras raças

*****


Peso  de 4 a 6 kg
Altura 25 a 28 cm
Cores preto, branco, marrom, cinza e creme ou colorido

Fonte nextdaypets.com

Tags: , , ,

Meu Cachorro late muito

Publicado em 01 dezembro 2012

Meu Cachorro Late Muito e Uiva

Se meu cachorro late muito e uiva,  isso não é só um problema seu, mas universal, especialmente para seus vizinhos. Em todo mundo, a cada dia, as pessoas batem na porta e dizem educadamente “ Olá, deve haver algo de errado com seu cachorro de estimação” ou as vezes chegam ao extremo de gritar, deixar bilhetes e até chamar a policia. Como lidar com esta questão de um ponto de vista jurídico?

Meu Cachorro Late Muito

 Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS) o barulho do latido ou uivo podem causar muitos problemas de saúde, especialmente em crianças, pessoas com doenças cronicas e idosos. O nível de barulho aceitável  se seguirmos as orientações da OMS, menos que 30 decibéis. E os Órgãos Públicos  locais são responsáveis pela aplicação da limitação, e para medir e controlar a intensidade dos sons.

Em Zaragoza (Espanha), há uma lei que estabelece que, para ser autorizado a manter um cão, o proprietário deve garantir que os vizinhos não serão perturbados pelo animal. Se existirem queixas, a policia vai visitar as instalações e verificar, com o medidor de nível de som o mesmo que é usados em boates, o ruído não pode passar de 45 decibéis durante o dia e 27 á noite. E se isso acontecer, os infratores terão de enfrentar muitas entre 750 a 1,500 euros.

Em Los Angeles (Estados Unidos), ter um cão que late continuamente ou por um longo período de tempo é considerado, uma perturbação pública. Um delito, que pode ser punido com multas de até 1,000 dólares ou seis meses de prisão. Em Nova York, a lei diz que não é permitido latir  “injustificadamente”, o que, traduzindo para números, significa lapsos de mais de dez minutos durante o dia, ou a noite mais de cinco minutos entre 10:00 da noite a 7:00 da manhã do dia seguinte.

 No Brasil a lei é um pouco semelhante aos Estados Unidos, onde uivos e latidos são vistos como ameaças ao direito do cidadão á calma e paz, os proprietário podem ser multados ou presos podendo pegar de 15 dias a 3 meses de prisão.

Na Austrália, as autoridades locais sugerem que proprietários de cachorros que latem muito e seus vizinhos incomodados devem resolver o assunto em  Centros de Justiça Comunitários. Estes centros são financiados pelo governo é um lugar onde eles podem chegar a um comum acordo sem precisar ser resolvido em tribunais de justiças. De qualquer forma esse sistema não funciona, a lei contempla multas de até 880 dólares para a primeira infração e 1,650 dólares para a segunda e assim consequentemente.

Quando o cão late muito, provavelmente a alguma coisa errada. É importante ter certeza de que eles são saudáveis e estão sendo bem cuidados. Como proprietário de um animal de estimação, é seu dever treinar seus animais, cuidar deles e fazê-los felizes, a paciência dos vizinhos não deverem ser posta á prova mais de uma ou duas vezes.

Leia mais sobre “Meu Cachorro late muito” em fonte: thepetsjornal.com

Tags: , , ,

Yorkshire Terrier

Publicado em 30 novembro 2012

Sobre Yorkshire Terrier

Yorkshire Terrier é um cão de colo encantador que por ele ficaria no seu colo o dia todo. Eles tem uma dose de atitude combinada com sua natureza brilhante de um cão brincalhão. Yorkie são verdadeiros companheiros.

Yorkshire Terrier

Caráter do Yorkshire Terrier

É um cão inteligente, alegre e destemido. Eles se concentram inteiramente no seu dono e são extremamente afetuoso. Pessoas dizem; que Yorkshire Terrier é uma das raças que mais são companheiras e afetuosas com seu donos.

Yorkshire Terrier

 Temperamento

Yorkshire Terrier pode ser territorial e gosta de ter seu espaço respeitado. Eles são tolerantes com crianças se tratado com cuidado. Yorkie também pode ser um pouco independente, se dão bem com outros animais de estimação.

Yorkshire Terrier

Cuidados

A pelagem do Yorkshire Terrier exige preparação diária. O cabelo no topo da cabeça, cresce muito, as vezes precisa prende-lo ou usar uma faixa. No entanto, se o Yorkie não irá participar de um show o pelo pode ser mantido sempre curto. Ouvidos e olhos devem ser limpos frequentemente. Higiene dental também é importante ter cuidado.

Yorkshire Terrier

Pelo

A Pelagem do Yorkie não é grossa, é uma pelagem fina e sedosa ao toque. Ao contrário de outras raças, que tem pelo, o Yorkie tem cabelo que cresce constantemente.

Yorkshire Terrier

Treinamento

Facilmente de serem treinados, Os Yorkshire Terrier tem uma forte capacidade de lembrar-se de vários comandos e adotar muitas habilidades de obediência. Eles são competidores de primeira linha, concorrentes quando se trata de esporte e agilidade.
Esta raça também é conhecida por sua independência. Eles precisam de certa privacidade para recarregar suas baterias, mas também anseiam envolvimento, atividade e atenção.

Yorkshire Terrier

Atividade

O Yorkshire Terrier requer exercício mínimo. Eles são adequados para caminhadas curtas é ideal para viver em apartamentos ou casas com pequenos quintais. Mantenha-os sempre na coleira durante as caminhadas, pois eles têm a tendência a causar brigas com cães muito maiores.

Yorkshire Terrier

Sua Caracteristicas

Tamanho

*

Cuidados

****

Exercícios

*

Capacidade

***

Relacionamento com outras raças

*****


Raça Grupo – Toy
Peso – 2 a 4 kg
Altura – 17 a 22 cm
Cor – Azul e castanho. Yorkies nascem preto,  gradualmente atinge a coloração azul e castanho a medida que amadurecem

Leia mais sobre “Yorkshire Terrier” em Fonte:Nextdaypets.com

Tags: , , , ,

Alimentador automático para Cães e Gatos

Publicado em 30 novembro 2012

Adquira o Alimentador automático para Cães e Gatos.

Alimentadores automáticos para facilitar o seu dia a dia e para a alegria de seu pet.

Alimentador automático para Cães e Gatos.

Se você trabalha longas horas ou vai ficar fora de casa por um período de tempo e deseja deixar uma refeição para seu cachorro ou gato o alimentador automático irá resolver seu problema. Existem várias marcas no mercado hoje em dia, então é importante escolher algo que melhor encaixa com o porte de seu cão ou gato e com o seu bolso. Preços podem variar de entre R$ 61 a R$ 550,00 reais (Dez/2012). Vale a pena verificar se é analógico ou digital, como mencionei, vai depender de sua necessidade e porte do animal.

Alimentador automático para Cães e Gatos.

Você pode usar o alimentador automático periodicamente, neles você pode controlar a quantidade de comida e não precisa se preocupar todo o tempo para alimenta-lo. Com a correria do dia a dia e com a preocupação de oferecer uma alimentação balanceada para que seu animal de estimação não fique obeso ou passe fome, esse utensílio é excelente.

Alimentador automático para Cães e Gatos.

 

Escolha um alimentador automático resistente, especialmente se tiver um cachorro grande. Dependendo o tamanho do animal e se tiver mais do que um, utilize o automático, pesquise bem antes de decidir e faça perguntas aos fornecedores, eles poderão lhe esclarecer dúvidas antes de comprar.

Alimentador automático para Cães e Gatos.

 Não programáveis alimentadores automáticos também estão disponíveis. Eles têm grande reservatório que contém o alimento e distribui livremente. Existem os analógicos, os manuais, onde pode controlar manualmente a quantidade.

Alimentador automático para Cães e Gatos.

Resumindo, se seu veterinário já lhe deu aquele puxão de orelha para controlar a alimentação de seu pet, ou se seu dia a dia não permite acompanhar de perto os horários de alimentação de seu animal de estimação, esses mecanismos poderão lhe auxiliar fazer sua vida mais fácil e de seu pet muito mais feliz.

Leia mais sobre “Alimentador automático para Cães e Gatos” em Fonte: Mercado Livre

Tags: , , , ,

Jogo transforme seu cachorro em um Dog-einstein com Dog Magic

Publicado em 28 novembro 2012

Jogo Nina Ottosson Dog Magic

Jogo para brincar com seu cachorro. Pratique a memória de seu cão. Ao esconder guloseimas debaixo de uns dos nove esconderijos você pode ajudar a desenvolver o nariz do seu cão e do cérebro de uma foram divertida e envolvente.

Jogo Nina Ottosson Dog Magic

A Nina Ottosson Dog Magic é uma ótima maneira de manter seu cachorro de estimação em forma com suas habilidades em um divertido jogo cheio de prêmios deliciosos. Jogo ideal para sentar com a família e se divertir com seu pet.

Jogo Nina Ottosson Dog Magic

O jogo em si é relativamente fácil. Basta colocar as guloseimas debaixo de um osso de brinquedo ou mais e depois coloque seu cachorro para procurar as guloseimas. Para achar eles vão usar seu faro e o cérebro para sentir o cheiro das guloseimas. Use a criatividade para clocar quantas opções com ou sem guloseimas e observe como seu cão irá descobrir onde está as recompensas.

Jogo Nina Ottosson Dog Magic

É importante acompanhar o seu cão no momento em que estiver brincando, o produto é de plástico e nós sabemos como são os cães, especialmente filhotes, querem morder e picar em pedacinhos, então para evitar que seja ingerido e assim prejudicando a saúde de seu cão, acompanhe de perto e quem sabe utiliza como uma maneira de adestrar o seu fiel companheiro.

Produto feito com material resistente e sem pontas que possa machucar, garantindo assim segurança no momento da utilização.

A prova d’água e baba, não importa o quanto feliz e excitado seu cão esteja para resolver o desafio.

Com fundo anti derrapante para evitar que o cão mova o brinquedo enquanto se diverte.

Incentiva o seu cão a pensar e sair da preguiça.

Nível de dificuldade: Fácil

Acompanha instruções em DVD para usar enquanto se diverte com seu cão.

Leia mais sobre “Nina Ottosson Dog Magic” em Fonte: amazon.co.uk

Tags: , , , ,

10 dicas para escolher seu pet

Publicado em 28 novembro 2012

10 dicas para escolher seu pet

Pet, como escolher? Aqui vão 10 dicas para escolher seu pet ideal. Hoje nossa vida é bem diferente de alguns anos atrás, de como era a vida de nossos pais. Naquela época as maiorias das famílias tinham cães como pet, como pastor alemão e boxers e ás vezes um gato, fora os visitantes que apareciam de vez em quando para uma ou duas refeições semanais. O núcleo familiar era composto pelo marido e a esposa que ficava em casa cuidando das crianças. Hoje em dia esse núcleo familiar é certamente diferente eu só não sei se ele é melhor ou pior.

Hoje temos uma variedade de pets para escolher, e esses animaizinhos vão fazer parte da nossa vida torna-se membro de nossa família, nosso melhor amigo. Aqui estão algumas dicas do que fazer e oque fazer quando escolher um animal de estimação.

1 – Não compre um Pet por impulso

Não compre seu animal de estimação por capricho ou inspiração. Comprar seu pet em um pet shop somente porque ele fez aquela carinha adorável não é a melhor solução quando esse irá fazer parte de sua família por alguns anos. Às vezes não somos os melhores a julgar quais são nossas necessidades e desejos, e às vezes nossas escolhas não irá atender nossas necessidades. Por isso antes de escolher seu pet pesquise, converse com seus amigos que tenham um pet em casa, procure saber qual a melhor raça que combine com seu estilo de vida.

2 – Pesquise antes de adquirir um Pet

Procure aprender tudo sobre o tipo de animal de estimação que você está considerando comprar. Lojas de animais não são os melhores lugares para obter essas informações geralmente nestas lojas as informações são básicas lá eles são apenas um produto a venda. Livros são boas fontes de informação apesar de não acharmos muitos livros no assunto, internet você pode encontrar boas informações, adestradores é uma ótima fonte de informação também.
Vale lembrar que um novo animal de estimação pode alterar a estrutura de uma família e precisa ser aceitos por todos os membros da família. Se você estiver pensando em comprar um cachorro, aprenda sobre os atributos especiais de muitas raças. Raças de cães são tão diferente em suas personalidades, habilidades e necessidades como as pessoas são.

3 – Visitem associações de animais Pet e centro de adoções de animais

Visitar esses lugares e interagir com animais irá lhe ajudar na escolha de seu pet. Observe os animais procure ficar próximo do animal que deseja adquirir e faça uma análise mental de pontos positivos e negativos.

4 – Combine seu animal de estimação (Pet) com seu estilo de vida

Você gosta da noite ou do dia? Alguns animais de estimação como planador do açúcar e furões gastam a maior parte do dia dormindo e são mais ativos à noite. Você trabalha longas horas? Alguns animais não gostam da solidão enquanto outros não se importam. Você tem crianças? Eles estão maduros o suficiente para não ser uma ameaça ao novo integrante do grupo? Se você viaja muito, quem irá cuidar do seu animalzinho na sua ausência?

5 – Combine seu animal de estimação (Pet) ao seu ambiente

Quanto ao espaço livre? Existe quintal? Tem muros? Como seus vizinhos se sentem sobre seu novo pet? Se mora de aluguel quais são as implicações de ter um pet na residência?

6 – Porque você quer um pet?

Este animal de estimação será substituto de uma criança? Não há nada de errado com isso. Possivelmente você irá querer um cão ou um gato que são excepcionalmente carinhosos. Raças como Toy pode ser ideal para você. Seus traços e personalidades são muitos importantes. Você quer um animal de estimação que é independente e exige pouco contato ou você está procurando um companheiro energético com quem você pode correr ou jogar bola?
Com o passar do tempo os animais de estimação e seus donos tendem a assemelharem-se uns aos outros. Considere as razões porque você quer um animal de estimação. Você quer jogar com ele e acaricia-lo? Então uma salamandra ou uma tartaruga não pode ser seu animal de estimação. Você quer ensinar truques e interagir com ele? Um cão, gato ou furão pode ser a escolha certa. Muitas famílias compram animais de estimação para ser companheiro dos seus filhos. Esta é uma excelente ideia. No entanto, não se compra um animal de estimação para incumbir responsabilidade em uma criança. Esteja preparado para cuidar do seu pet.

7 – Este é o momento certo em sua vida para ter um animal de estimação (Pet)

Considere francamente se este é realmente o momento certo em sua vida de possuir um animal de estimação. Se você já tem outros animais e se eles vão se dar bem com o novo integrante do grupo. Como está seu tempo?

8 – Estimativa de vida do seu pet

Quanto tempo de vida você espera que seu animal de estimação vá viver? Média de cães e gatos pode viver de 12 -16 anos, alguns mais. Tartarugas e peixes dourados têm vida que se aproximam das nossas. Pequenos papagaios podem viver de 8-14 anos, os maiores 35-60 anos. Ratos, no entanto vivem aproximadamente 2 anos.

9 – Você será capaz de atender as necessidades especificas do seu animal de estimação (Pet)

É uma boa ideia fazer uma pesquisa on-line ou em livros de quais os cuidados que seu animal de estimação necessita. Converse com outros donos e procure saber as experiências e dicas que eles possam lhe passar. Você tem tempo suficiente para alimenta-lo adequadamente e limpar seu espaço? Muitos animais de estimação ficam entediados se eles não têm suficiente contato. Este tédio pode levar a uma variedade de comportamentos indesejáveis.

10 – Custo com um pet

Além do custo inicial do animal de estimação, você vai incorrer em gastos consideráveis em comprar o animal de estimação um lar adequado ou gaiola. Com o tempo, o custo de uma boa dieta será muito superior ao valor pago por ele. Além de precisar de cuidados veterinários caros, higiene e pet sitters também.

Para saber mais sobre “10 dicas para escolher seu pet” acesse

Fonte: 2andchance.info

Tags: , , , , , , , , , , ,

Cães possuem cérebros maiores do que gatos

Publicado em 28 novembro 2012

Você Sabia? Cães possuem cérebros maiores do que gatos.

Os cães possuem cérebros maiores que gatos segundo pesquisadores Susanne Shultz e Robin Dunbar da Universidade de Oxford (Reino Unido) concluíram que cães possuem cérebros maiores, após estudar o processo de evolução dos cérebros de diferentes grupos de mamíferos, incluíndo cãesdurante os últimos 60 milhões de anos.

Você sabia? Cães possuem cérebros maiores do que gatos

Isso por causa das espécies mais sociáveis dos mamíferos usam mais recursos do cérebro do que os solitários de acordo com os pesquisadores.

A chave parece residir em um grau de sociedade dos animais. O cérebro que desenvolveu em tamanho foi o dos Primatas, Cavalos, Golfinhos, Camelos e Cachorros. Enquanto que os cérebros solitários de Gatos, Cervos (Veado) ou Rinocerontes registram um crescimento inferior no mesmo período de tempo.

Os autores dos estudos Susanne Shultz e Robin Dunbar explica os resultados em suas palavras:

“Este estudo contradiz o que ao longo do tempo acreditava-se que o tamanho do cérebro cresceu em todos os mamíferos. Sendo que na verdade, grupos de espécies mais sociáveis vem desenvolvendo seus cérebros muito mais rápido do que espécies menos sociáveis ou solitárias. Isso sugere que cooperação e coordenação é necessária para os que vivem em grupos que exige maior competitividade e as vezes a necessidade de aguentar a demanda social de um grupo, ” diz Susanne Shultz.

Pela primeira vez, é possível providenciar uma linha de evolução no tempo para estudar a evolução do cérebro. É interessante ver que animais mesmo que teve contato com humanos, como gatos, possuem cérebros menores do que Cães e Cavalos por causa de seu desinteresse em ser social.

Você sabia? Cães possuem cérebros maiores do que gatos

Os pesquisadores utilizaram informações disponíveis para medir os tamanhos dos cérebros e tamanho do corpo de cada grupo de mamíferos vivos comparados com informações semelhantes em fósseis de mamíferos da mesma linha . Eles mediram o crescimento de acordo com o crescimento do corpo e mudanças nas proporções ao longo do tempo. O crescimento dos mamíferos foram comparados com grupos diferentes de outros mamíferos para observar mudanças de padrões de evolução.

Percebeu que cachorros são muito mais sociáveis do que gatos? Por possuírem um cérebro maiores fazem mais inteligentes? O que isso quer dizer e sobre nós humanos?

Encontre mais sobre “Você sabia? Cães possuem cérebros maiores do que gatos” em:

Fonte : Science Daily

Tags: , , , ,

Como adestrar seu filhote a sentar-se

Publicado em 01 novembro 2012

Como adestrar seu filhote a sentar-se

Como adestrar seu filhote a sentar-se. Adestrar o seu cachorro a “sentar” com comando é uma grande ferramenta que você pode usar de várias maneiras. Adestrar é um comando fácil de ensinar, e pode ajudar seu filhotinho a sentir-se orgulhoso quando receber elogios pelo seu comportamento natural.

Uma vez que ele sabe como se “sentar” com comando, você pode usar isso como um comportamento padrão como ensinamos as crianças a dizer,”por favor, e obrigada.” Por exemplo, Adestrar com o comando “sentar” é uma técnica excelente para você controlar os “surtos” de cachorro indisciplinado cheios de energia. Enquanto o rabo fica no chão,  não terá mais problemas de nariz cutucando em áreas proibidas.

Benefícios em adestrar seu filhote a sentar

Se adestrar corretamente seu cachorro irá aprender a usar esse comportamento como padrão, como forma de ganhar recompensas maiores. Sentar, para ele, passará a ser uma forma de pedir (e receber) os benefícios, porque ele sabe que só seguindo as regras de casa é que ele irá conseguir o quer.

Aqui estão alguns exemplos para adestrar; Para ele ir para fora, use o comando “sentar” primeiro. Na hora da refeição, “sentar-se” torna-se um pedido educado, e a sua recompensa e a sua vasilha cheia de comida colocada na sua frente. Quando seu cachorro traz um brinquedo para jogar, ensine que primeiro deve “sentar-se” e depois será recompensado com o jogo.

Treinamento Lure em adestrar seu filhote a sentar

Adestrar seu filhote desde pequeno irá poupar você de surpresas quando adulto. Adestrar usando comando “sentar” desde cedo, isso coloca você no controle, ao mesmo tempo em que reforça qual a sua posição social na família. Ele aprende desde cedo que, como parte da família, ele tem que conviver com os seres humanos e, e com você controlando os recursos de comida, abrindo portas, jogos, seu animal de estimação dever ser educado com você.

Existem várias técnicas para adestrar cães disponíveis hoje. O treinamento Lure usa formas de recompensa de alto valor como uma comida favorita ou um brinquedo favorito para gentilmente atrair e orientar o seu cachorro para a posição sentado.

Fique na frente do seu cachorro e diga: “sente-se”. Certifique-se de falar com ele com a voz firme e calma.
Segure a “recompensa” logo acima de sua cabeça na direção do nariz, levante a “recompensa” para cima e por cima de sua cabeça. Para seguir o movimento ele terá que levantar a cabeça e com isso perderá o equilíbrio. Quando seu nariz farejar a “recompensa”, ele irá tocar seu bumbum no chão para não cair. Assim que tocar o bumbum no chão, dê a recompensa.

Crie uma rotina e repita este exercício várias vezes ao dia. Se você estiver usando comida, não deixe de agendar o treinamento antes das refeições de modo que ele esteja com fome na hora do treinamento. Dentro de um curto espaço de tempo, seu cachorro aprende que para ganhar a “recompensa” basta sentar assim que você dizer o comando em vez de esperar você fazê-lo ficar atraído pela “recompensa”.

Uma vez que ele sabe o significado do comando “sentar”, basta associar este comando com um movimento da mão, exemplo – usar o punho fechado, feito à escolha usá-lo o tempo todo. Use o comando de voz com o movimento da mão toda vez que fizer o treinamento, sem a “recompensa” desta vez. Ele irá começar associar o movimento da sua mão com o comando.

Seu objetivo é o fazer reconhecer a ação da mão com o comando de voz, realizar o que foi pedido, e depois ser recompensado com o brinquedo ou a comida favorita.

No começo do adestramento certifique-se de sempre recompensa-lo com comida ou brinquedo por vez. Certifique-se de usar a “recompensa” durante o treinamento para que ele espere as lições para ganhar.

Eventualmente, diga o comando “sentar” sem gratificação (além do elogio verbal) e ofereça a “recompensa” na terceira vez. Isso é chamado de “recompensas intermitentes” é uma poderosa ferramenta de ensino. Seu cachorro descobre que ele pode ter uma “recompensa”, mas ele nunca sabe quando, por isso ele é mais susceptível de ser fiel. O objetivo é para ele aprender a reconhecer o comando e realizar a ação com ou sem uma “recompensa”.

Encontre mais sobre “Como adestrar seu filhote a sentar-se” em:

Fonte:puppies.about.com by Amy Shojai 


Receba Novidades

Seu e-mail aqui!

Junte-se a 53 outros assinantes

%d blogueiros gostam disto: