Arquivo de Tags | "cinomose"

Tags: , , ,

Cinomose Canina

Publicado em 06 dezembro 2012

O que é a Cinomose Canina?

Cinomose é uma doença por vírus muito contagiosa que afeta os sistema traco respiratório e traco gastrointestinal, sistema nervoso central e os tecidos da linfoide dos cães. Cinomose pode ser fatal ao seu cão dependendo da intensidade em que o vírus se instalou em seu cão, vai depender também de quão saudável é seu cão. Por exemplo, um cão filhote que ainda não possui o sistema imunológico ainda em desenvolvimento não vai conseguir sobreviver aos primeiros estágios da infecção. Se seu cão sobreviver, o sistema neurológico pode ficar afetado devido a cinomose, sintomas como convulsões poderá ser constante e permanente. 

Filhotes com Cinamose

Foto Fonte: Dog Health Online

Há uma vacina que é indicada 3 doses enquanto o seu cão é um filhote: algo em torno de 6 – 8 semanas, novamente entre 9 a 11 semanas e por último entre 12 a 14 semanas.  E então, seu cão deverá tomar mais 1 vacina após 1 ano e mais 1 vacina a cada 3 anos. Isso na teoria, na prática aqui no Brasil a realidade não é bem assim, poucos sabemos da doença e da necessidade da vacina, além de recomendações no Brasil serem anuais ao invés do indicado acima. Não é uma vacina gratuita como antirrábica, tem que levar no seu veterinário. Não deixe de vacinar o seu cão pelo menos 1 vez ao ano, para evitar o sofrimento dele e de outros ao seu redor. É contra indicado em animais já com a doença.

Quais são os sintomas da Cinomose Canina?

Inicialmente os sintomas da infecção é a redução de apetite, depressão, febre e desidratação. Como o vírus irá impactar o sistema traco respiratório, seu cão irá apresentar irritações nos olhos e sistema nasal. O cão terá dificuldades em respirar e irá tossir como se estivesse escarrando. Seu cão também terá diarreia que pode ser sangue e talvez vômito. Em seguida, o vírus irá atacar seu cão e eventualmente terá convulsões, iniciando com pequenas convulsões e se escalando para convulsões em todo o corpo.

Cinamose Canina

Imagem Fonte: Cornell University

Como é transmitida a Cinomose Canina?

O vírus e espalhado quando o cão entra em contato com outros fluidos, como urina, secreções dos olhos, ficinho escorrendo e secreções originadas de tosse de cães infectados. Após se recuperar, o cão que foi infectado com o vírus normalmente fica sem apresentar o vírus por várias semanas.

Como a Cinomose Canina é diagnosticada?

Seu veterinário irá fazer o diagnóstico normalmente baseando-se nos sintomas e em algumas técnicas enquanto faz testes específicos. Primeiro, o teste de sangue onde o sangue de seu cão será avaliado para descobrir presença de anticorpos ou substâncias que é produzida especificamente quando em resposta a um vírus.

Em todo o caso, o teste ainda não é definitivo para o diagnóstico final. Seu veterinário talvez recolherá amostras de tecido ou células para encontrar o vírus. De qualquer forma, as vezes o vírus se esconde em outros locais do corpo e não apresenta nas amostras recolhidas, então esse teste pode dar falso negativo. Seu veterinário também ira tirar raio-x dos pulmões e procurar por infecções respiratórias que normalmente acompanha a Cinomose. E por final, seu veterinário irá fazer uma série de testes no sangue para encontrar alguma alteração que indique que seu cão tem o vírus e ainda poderá pegar amostras dos fluidos cefalorraquidiano (Espinha) para checar se há presença de anticorpos.

Como a Cinomose Canina pode ser tratada?

Infelizmente, não há tratamento. Ao mesmo tempo, seu veterinário pode focar em dar suporte ao seu cão e tratar os sintomas. Seu cão ficará hospitalizado e isolado de outros cães para reduzir os riscos de espalhar o vírus. Seu cão receberá soro para administrar os fluídos, nutrir e medicar. Possivelmente receberá medicamento anti-diarreia, anti-convulsão e antibióticos para tratar qualquer outra bactéria que venha aproveitar da situação. Para auxiliar no sistema respiratório, uma massagem no peito. Fluidos nos olhos e no focinho é limpado periodicamente.

Como prevenir a Cinomose Canina?

A melhor prevenção é vacinar. É importante buscar essa informação com seu veterinário, já que não é algo tão popular assim no Brasil como em outros países como EUA por exemplo, onde mencionei acima que a rotina de vacina é bem maior do que no Brasil. Se a mãe foi vacinada é possível passar a imunidade para o filhote no período de amamentação.

Cinomose

Imagem Fonte: WSPA

Há uma campanha no Brasil “Cinomose Aqui Não!” uma parceria entre a ONG WSPA BRasil e Merial Saúde Animalque ajuda e prevenir a contrair o vírus cinamose e evitar a doença entre milhares de cães em todo o Brasil e ainda ajuda outras ONGs afiliadas a WSPA BRasil.

 

 

 

Leia mais sobre ” Cinomose Canina” em

fontes: doggehealth.com | WSPA Brasil | Campanha Cinomose | Merial


Receba Novidades

Seu e-mail aqui!

Junte-se a 53 outros assinantes

%d blogueiros gostam disto: